Copa da Rússia: o que fazer, custo e dicas

por: Ana Amoroso 20/01/2018

Quem ama futebol sabe que esse amor nos leva até outros países. Com a Copa no próxima ano do outro lado do mundo, a Rússia é um destino que exige planejamento, mas também traz cultura, alegria, aventura e muito futebol para os viajantes.

A Fifa já definiu quem jogará com quem na primeira fase da Copa, agora já é possível se programar para assistir os jogos e conhecer o país.

As cidades participantes, são de tirar o fôlego. Além das estruturas dos jogos nos estádios novos, as cidades oferecem boas opções de passeios, lugares históricos e até praias.  A melhor dica ao viajar para a Rússia, é planejamento.

A maior dificuldade encontraremos será a língua. Poucos falam inglês ou qualquer outro idioma, além do Russo. A dica é aprender algumas palavras-chave e andar com um aplicativo de tradução no celular.

São 11 cidades-sede que participarão dos jogos, separamos dicas de alguns dos lugares imperdíveis para os viajantes que irão assistir os jogos no país – e como se virar por lá. Confira:

RostovonDon

A região do rio Don – onde será sediado o primeiro jogo do Brasil, contra a Suíça, no dia 17/06 – é uma das áreas russas mais ricas em cultura e gastronomia. Lá você poderá ver, além do jogo do Brasil, a 3ª maior roda-gigante na Rússia – com um vista fantástica do Rio Don, e o Parque da Revolução. A cidade é considerada a “cidade dos 5 mares” com o de Azov, o Negro, o Cáspio, o Báltico e o Branco.

Rostov On Don Rússia

São Petersburgo

A próxima cidade a sediar jogo do Brasil, contra a Costa Rica – no dia 22/06 – , é a segunda maior cidade da Rússia, e é de tirar o fôlego de qualquer viajante. Lá é um lugar onde o novo e o velho convivem em harmonia, muitas de suas esculturas e arquitetura foram levantadas a séculos. Passeios de barcos são praticamente obrigatórios, e não deixe também de conhecer Catedral de São Isaac, o Museu Hermitage e de visitar a Praça do Palácio de Inverno.

saint-petersburg

Moscou

O último jogo da primeira fase do brasil acontece em Moscou, a maior cidade da Rússia, no dia 27/06 contra a Sérvia, e é impossível conhecer a cidade somente em um dia. Lá a copa terá dois estádios e 12 partidas. O Kremlin, o Teatro Bolshoi a Catedral de São Basílio – uma das imagens que é referência da Rússia no mundo inteiro – e a Praça Vermelha são lugares interessantes para conhecer.

Moscou

 

Conheça também outras cidades que irão sediar jogos da Copa, que são interessante a visita:

Kazan

Capital do Tatarstão, é uma cidade russa de ocupação tatar. As ruas de Kazan são limpas e é muito agradável andar por elas no verão. La, cristãos e muçulmanos convivem em harmonia.  A mesquita Qolsharif, uma das maiores da Europa, vale a visita – e tem entrada gratuita. A gastronomia local é interessante, com grande foco em doces. A cidade respira cultura, vá com tempo para conhecer as maravilhas de Kazan.

kazan

Sochi

Banhada pelo Mar Negro, Sochi é uma cidade de praia. É uma cidade pequena, onde tudo acontece perto. Chamada de Riviera Russa, a maior atração da cidade é o Complexo Esportivo de Sochi, onde ficou conhecida mundialmente por ter sido sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2014. Essa também é uma razão pela qual tem uma infraestrutura turística boa.

sochi

 Volgogrado

A antiga Stalingrado tem muita importância histórica. Conhecida como a cidade mais soviética da Rússia, foi construída como um forte às margens do rio Volga e é rica em monumentos e museus. Os monumentos no alto do Monte Mamaev, que formam um memorial sobre o duelo, lembram até hoje a a famosa Batalha de Stalingrado.

volgograd

Além das cidades citadas a cima, também haverá jogos em Ekaterinburgo, Samara, Nizhny Novgorod, Saransk e Kaliningrado.

Transporte Público: O metrô de Moscou, abrange toda a cidade, do Kremlin a lugares mais distantes, e é o melhor meio de locomoção. Suas linhas são ordenadas por cores. Nas ruas da Rússia, existem três tipos de transporte, os ônibus, que são como os que conhecemos no Brasil, bondes, que são boas opções para escapar do trânsito, e as marshrutkas, que são as lotações. O trem é a principal recomendação quando se trata de translado de uma cidade para a outra.

Gastronomia: A Rússia possui uma vasta variedade de saladas em sua culinária, legumes, maionese e frango. As sopas também fazem grande parte da alimentação, como os peixes e bolinho de carne.

Visto: Turistas brasileiros não precisam de visto para ter sua entrada na Rússia permitida. O Brasil tem um acordo com a Rússia que permite, desde 2010, que seus nativos possam visitar o país europeu e lá permanecer por até 90 dias. É preciso apenas ter o passaporte com validade mínima de 6 meses, a contar da data de saída da Rússia

Companhia Aérea: Não existem voos diretos do Brasil para a Rússia, mas diversas empresas aéreas levam os clientes com escala em países europeus ou até mesmo nos Estados Unidos. O tempo total de viagem, contando com conexão, pode variar entre 17 e 35 horas.

Preço: Estima-se que o preço dos vôos e hotéis não devem aumentar muito durante a Copa, o preço final depende de quantas cidades estarão no roteiro e o tipo de acomodação. A passagem aérea deve custar entre de R$3 mil e R$5 mil, já os hotéis saem em média R$ 75 e R$ 250 por pessoa a diaria.

Pacote de Ingressos: A venda de entradas para os jogos da Copa do Mundo ocorrerá exclusivamente pelo site oficial da Fifa e permitirá escolher entre comprar ingressos individuais para cada partida, ou dois tipos de pacote: um para todas as partidas de uma sede específica ou outro para seguir uma seleção específica, independentemente de onde ela jogar. Os preços variam entre US$ 105 e US$ 1100.

Sem categoria 0