Rio Quente Resorts e Hot Park

por: Marcio Nel Cimatti 11/06/2018

Voltamos ao Rio Quente Resort e dessa vez para passar a Páscoa. O Rio Quente é um dos melhores destinos para famílias no Brasil e vou te contar como foi nosso feriado!

A antiga Pousada do Rio Quente, foi inaugurada em 1964 com apenas 20 quartos em uma pousada de madeira. Hoje é um super complexo de águas quentes naturais numa área total de 497 mil m² em meio à paisagem do Cerrado e conta com 18 nascentes que formam as piscinas termais do Parque das Fontes.

Pegamos o voo fretado no aeroporto de Guarulhos e chegamos em Caldas Novas que fica a apenas 27 kms. As malas chegam rápido porque só tem esse voo no aeroporto naquele horário. Depois de uma chamada, cada hotel tem seu próprio transporte (ônibus ou van) e menos de meia hora depois já estávamos entrando no Hotel Turismo.

Na hora de reservar suas férias no Rio Quente, faça como nós, reserve pelo Zarpo que tem ótimas tarifas devido ao volume que eles negociam.

Eu fui com minha esposa e minhas filhas de 9 e 5 anos, a Vitória e a Giovana, que são carinhosamente chamadas de Laranjinhas por causa do nome do blog.

Vou começar a contar nossa experiência pelo hotel. Ficamos no Hotel Turismo que para quem vai com criança pequena é muito conveniente já que dá para ir a pé ao Parque da Fontes e ao Hot Park.

É legal contar que quem fica fora do Complexo, a cerca de 800 metros, há um sistema regular de ônibus para transporte até os parques e demais hotéis, que funciona 24 horas. Nestes hotéis, os preços são mais baratos e há opção de quartos maiores, apesar de nem todos terem sido reformados.

Os hóspedes de qualquer um dos hotéis tem acesso aos 2 parques aquáticos (Parque das Fontes e Hot Park) e também aos restaurantes do Complexo. É possível também usar as piscinas de todos os hotéis.

Nossa suíte tinha uma cama de casal e duas de solteiro bem confortáveis e limpas. As “esculturas” que a camareira fez com as toalhas deixaram as meninas eufóricas. Era uma expectativa imensa voltar para o quarto para saber em que bicho as toalhas haviam se transformado. Vou confessar que dessa vez mal ligamos a TV e ficamos pouco tempo no quarto. Há muito o que fazer e são muitas piscinas à disposição. No hotel mesmo, há duas piscinas deliciosas para relaxar com água que e sem cloro que são trocadas diariamente.

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo

Escultura de toalhas

Entre uma piscina e outra do hotel há o lounge da Stela Artois, que além da cerveja que lhe dá o nome, vende lanches, porções, sorvetes e servem na beira da piscina. Nada mal, né?

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo - Stella Atrois Lounge

Rio Quente Resorts – Hotel Turismo – Stella Atrois Lounge

Essas piscinas agradam os pais quando as crianças só querem brincar na água sem ter que se deslocar para um dos dois parques aquáticos. Essa dica vale para quem vai com filhos de até 5/6 anos.

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo - Piscina

Rio Quente Resorts – Hotel Turismo – Piscina

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo - Piscina

Rio Quente Resorts – Hotel Turismo – Piscina

Rio Quente Resorts Piscina

Outra piscina do Hotel Turismo

No Hotel Turismo fica um dos clubinhos do complexo (Kids Club), ideal para crianças de 2 a 10 anos. A estrutura do Clubinho é boa, com brinquedos, espaço para TV, pula pula grande e ar condicionado (o que faz toda diferença no calorzão de Goiás!).

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo - Clubinho

Rio Quente Resorts – Hotel Turismo – Clubinho

Rio Quente Resorts - Hotel Turismo - Clubinho

Rio Quente Resorts – Hotel Turismo – Clubinho

As crianças maiores de 4 anos podem ficar com os monitores, sem os pais, por no máximo 2 horas por dia. Mas o que elas querem mesmo é curtir as piscinas, então vimos poucas crianças brincando por lá. O espaço fica aberto das 09 às 18hs.

Agora vou contar um pouco sobre as refeições. O café da manhã no restaurante Pequi oferece um buffet completo, veja no vídeo. O almoço no hotel é mais vazio, muita gente reserva a hospedagem com café da manhã ou com meia pensão e acaba comendo nas inúmeras opções do Hot Park ou no Parque das Fontes. Nós aproveitamos o almoço para voltar para a sombra do restaurante, descansar e comer no hotel mesmo. Uma coisa que gostamos de saber é que as folhas e vegetais são cultivados na horta própria, sem agrotóxicos.

Rio Quente Resorts Buffet

Rio Quente Resorts Buffet

Quero te contar e destacar dois jantares que fizemos nesse feriado. Um deles no próprio restaurante Pequi do Hotel Turismo que é a la carte no jantar. O restaurante nem parece o mesmo do café, fica à meia luz, mais romântico. Meu destaque aqui é para a qualidade do menu e dos pratos. Eu escolhi o “Tournedos ao poivre”, farofa crocante de alho e aspargos verdes. A carne estava ótima, no ponto certo com o molho de pimenta bem suave e saboroso. A Vitória escolheu o Supreme de frango recheado com queijo da Mantiqueira, tomate concassé ao manjericão e polenta frita. Ela também gostou muito. Ficamos surpreendidos com a qualidade dos pratos. Veja um dos pratos sendo preparados no vídeo acima.

O outro jantar que eu quero te contar foi o que fizemos no Hotel Cristal, outro hotel do complexo, no restaurante Da Mata. Fomos na noite do buffet de comida árabe e também gostamos muito. O buffet tem opções de salada e todas as especialidades árabes tradicionais. Uma opção interessante para um jantar diferente.

Rio Quente Resorts - Lobby Hotel Cristal

Rio Quente Resorts – Lobby Hotel Cristal

Rio Quente Resorts - Lobby Hotel Cristal

Rio Quente Resorts – Lobby Hotel Cristal

Rio Quente Resorts - Hotel Cristal - Restaurante Da Mata - buffet

Rio Quente Resorts – Hotel Cristal – Restaurante Da Mata – buffet

Rio Quente Resorts - Hotel Cristal - Restaurante Da Mata - buffet

Rio Quente Resorts – Hotel Cristal – Restaurante Da Mata – buffet

Rio Quente Resorts - Hotel Cristal - Restaurante Da Mata - buffet

Rio Quente Resorts – Hotel Cristal – Restaurante Da Mata – buffet

Para o consumo fora dos horários das refeições, todos os hóspedes recebem um cartão de consumo no check in, que também é a chave do quarto. Os hóspedes não usam dinheiro no complexo, nem mesmo nas lojas nos hotéis, parques, quiosques e bares molhados no Parque das Fontes que vendem lanches, bebidas e sorvetes. Isto facilita bastante porque pode o cartão pode molhar.

Para acabar de contar sobre o hotel quero deixar uma dica: há filas grandes nos momentos de check in e check out quando os maiores grupos chegavam e saem. Então se for em grupo já saiba disso, lembre-se que está de férias e tenha paciência.

Os Parques Aquáticos

A grande atração do Rio Quente Resorts são mesmo a suas águas quentes e correntes. Tudo foi criado em torno desta maravilha. São 18 nascentes de águas com uma vazão de 6,5 milhões de litros de água por hora a uma temperatura de 37,5oc.

Segundo informações do Resort, a água é usada várias vezes, indo primeiro para o Parque das Fontes. Depois de tratada, abastece os hotéis, as cozinhas, a área administrativa e a lavanderia. A água de reuso é utilizada em um sistema de irrigação automatizado e o esgoto restante é devidamente tratado em uma estação própria.

Parque das Fontes

O Parque das Fontes foi o primeiro a ser construído no complexo e sua arquitetura é bastante integrada com a bela natureza do lugar. As piscinas são contornadas por pedras e a água é trocada a cada 30 minutos. São diversas piscinas, tobogãs, duchas e dois ofurôs.

Para as crianças pequenas a piscina do Sapo é ideal. Há escorregadores pequenos para os menores e outros mais altos, que agradam muito. Como a água é quentinha e o clima do cerrado é geralmente bom, o difícil é convencer as crianças a saírem de lá.

São 8 piscinas no Parque das Fontes e duas delas, as mais centrais, concentram o agito. Nelas os monitores fazem a hidroginástica e muitas brincadeiras. E numa das tardes rolou música ao vivo na hora do pôr do sol, foi ótimo. Nestas piscinas, há “bares molhados” e você nem precisa sair da água para beber ou comer algo.

Rio Quente Resorts Parque das Fontes

Rio Quente Resorts – Parque das Fontes

É água quente por todos os lados, as duchas lembram pequenas cascatas e a água cai forte e fazem uma bela massagem nas costas!

Rio Quente Resorts Parque das Fontes

Rio Quente Resorts – Parque das Fontes

Rio Quente Resorts Parque das Fontes

Rio Quente Resorts – Parque das Fontes

O Parque das Flores funciona 24 horas. Sim, ele não fecha nunca e muitas pessoas ficam até bem tarde nas águas quentes.

Hot Park

Hot Park é a principal atração do Rio Quente Resort. O enorme parque aquático tem atrações para todas as idades e é considerado o maior parque aquático da América Latina. O Hot Park tem uma área de 55 mil m2 e único desse tamanho com águas quentes do mundo todo.

Hotibum é a área dedicada aos pequenos cheia de tobogãs do Hot Park e foi a que chegamos primeiro. Chegamos cedo e esperamos o parque abrir as 10 da manhã. O Hotibum tem todo um ritual de abertura com direito música, contagem regressiva e presença de personagens do parque inspirados no cerrado e tudo mais. Veja no vídeo acima.

@aslaranjinhas se divertindo no Hot Park

@aslaranjinhas se divertindo no Hot Park

E depois que abriu foram horas de curtição muito molhada. Ficamos algumas vezes esperando o enorme balde virar com milhares de litros de água que caem lá do alto.

Hot Park - Rio Quente Resorts

O Hotibum do Hot Park

O Hotibum garante que todos saiam muito molhados, cansados e animados de lá. As crianças ficam enlouquecidas com tanta água e toboáguas de diferentes tamanhos.

Apesar de grande, essa área é muito concorrida e, para os hóspedes do resort, há uma área reservada com espreguiçadeiras, sombra e com segurança. Reserve um bom tempo para que as crianças se divirtam por lá.

Tobogã no Hot Park

Tobogã no Hot Park

O parque tem diversas áreas e agrada também quem quer aventura. Fomos pela primeira vez na tirolesa que vai lá do alto de uma plataforma até a água quente e cristalina do Rio Quente. Todo mundo foi até a Giovana de 6 anos sentiu o frio na barriga e a delícia de cair na água quente.

Outra atração que deu o que falar entre nós foi o mergulho com cilindro. A família toda se aventurou. A Giovana encarou mais essa e viu de perto peixes maiores que ela, um jardim submerso e algumas estátuas no fundo do rio. A Vitória incentivou a irmã e se sentiu mais corajosa depois de ver que eu e a pequena na água.

o Mergulho com cilindro no Hot Park

o Mergulho com cilindro no Hot Park

o Mergulho com cilindro no Hot Park

o Mergulho com cilindro no Hot Park

o Mergulho com cilindro no Hot Park

o Mergulho com cilindro no Hot Park

Gostei muito que as meninas toparam fazer o mergulho porque o Rio Quente é um excelente lugar para aprender a lidar e se adaptar com todo o equipamento de mergulho.  Isso vai facilitar mergulhos no futuro.

Quem curte aventura adora o Half Pipe que é inspirado em pistas de skate e tem 13 metros de altura em formato de “U”. A descida (e subida!) é feita em boias individuais ou em dupla. Dá para ouvir os gritos do pessoal despencando com a boia de longe. (veja no filme)

Quem quer ir um pouco além na aventura e adrenalina, o Xpirado é o indicado. Nós não fomos no tobogã, mas conhecemos o seu cenário. Passamos pelo vilarejo abandonado, vimos a pequena igreja, ouvimos gritos e vimos as placas com as frases “tá com medinho?”, “suas chances de desistir estão acabando”, “as piranhas estão loucas de fome”, tudo para tornar o ambiente ainda mais assustador. As meninas ainda são pequenas para ir. Você teria coragem de despencar no Xpirado?

Hot Park - @aslaranjinhas na boca da piranha

Hot Park – @aslaranjinhas na boca da piranha

Para relaxar depois de tanta adrenalina passei quase uma hora com as meninas no um rio artificial com correnteza. Deixamos a boia seguir na correnteza e pulávamos na água sempre que o calor aumentava.

Boia Hot Park

Como a Giovana ama todo tipo de bicho fiz questão de leva-la ao Bird Land, um espaço fechado com mais de 2.000 m² cheio de aves e animais de diferentes espécies.

Antes de entrar no viveiro, recebemos um potinho com grãos e sementes para alimentar as aves, assim elas se aproximam e deixam fazer carinho, tirar fotos e até fazem pose sobre o ombro e o braço do pessoal.

Quero agradecer a autorização especial para entrar com as câmeras e poder te mostrar como é a Bird Land. Veja as nossas imagens e o vídeo.

Hot Park - Birdland

Hot Park – Bird Land

Hot Park - Birdland

Hot Park – Bird Land

Hot Park - Birdland

Hot Park – Bird Land

Vale a pena comentar que muitas vezes esses pássaros chegam ao Hot Park para serem recuperados de maus tratos e do tráfico, enviados pelo IBAMA. No Bird Land esses animais são alimentados e tratados para que eles voltem ao seu habitat natural, junto aos outros animais de sua espécie.

O Hot Park tem inúmeras atrações, se você só vai um dia ao parque deve ser programar. Nós fizemos isso e ainda conseguimos curtir a Praia do Cerrado que fica em uma área gigante alimentada o ano todo pela água quente natural do rio, inclusive no inverno. A areia do lugar foi criada artificialmente a partir de resíduos da exploração de cristal de uma cidade goiana. Além da areia, para a praia artificial ficar com mais cara de praia, a super piscina tem ondas que são “ligadas” de 15 em 15 minutos. São nove tipos de ondas que podem chegar até 1,20m de altura. Ficamos um tempão lá brincando.

Acho que consegui te contar boa parte do nosso feriado no Rio Quente Resorts. Se ficou com alguma dúvida comente aqui que nós tentamos te ajudar. Se for para o Rio Quente, conte para nós.

A família do A Janela Laranja viajou a convite do Rio Quente Resorts. 



Comentários do Facebook

Comentários do Blog

Deixe seu Comentário






© 2006-2018 | A Janela Laranja - Todos os direitos reservados

Desenvolvido por Dintstudio
×Fechar