3 formas mais comuns de roubos de passaportes!

78
0

As vezes uma distração, uma queda ou um esbarrão é o suficiente para ter seu passaporte roubado. Segue aqui um alerta das 3 formas mais comuns de roubos de passaportes nas viagens. Todo cuidado é pouco, não é mesmo ?

De acordo com a revista Conde Nast Traveler o mercado de passaportes roubados é gigantesco, são mais de 40 milhões de passaportes listados pela Interpol como desaparecidos desde 2002 e nos EUA mais de 300 mil roubados e perdidos a cada ano.  Não queremos passar por esse sufoco e entrar para essa estatística, certo? Então veja algumas dicas que selecionamos.

Veja as 3 dicas para evitar que seu passaporte seja roubado!

Cuidado no Check-in dos hotéis. Sempre o mantenha em contato com o seu corpo, não tire os olhos dele. Na hora do Check-in no exterior, entregue o documento para o aquele que estiver verificando os dados e assim que o tiver em mãos novamente, guarde-o imediatamente. Fique atento a onde você coloca seu passaporte. Parece besteira não é? Mas dependendo do lado em que você posiciona o documento, pode ocorrer de algum espertinho criar um situação rápida como pedir informação do hotel, onde é o banheiro e acabar passando a mão no documento mais importante na viagem, o passaporte.

Outro caso bem estranho porem muito relatado é ser molhado. Isso mesmo, o malandro derruba sucos, refrigerantes, qualquer líquido na vítima que terá seu documento roubado. Pois é, muitas pessoas nos aeroportos sofreram essa ação e relataram o desaparecimento de seu passaporte. A dica é, caso aconteça, não deixe o “ladrão” ajudar ou tocar em você, nessa hora qie acontece o roubo.  Siga andando, não dê bola e tente não ficar bravo, pelo menos você não terá seu passaporte roubado!

E por último, mas não menos importante… Tome cuidado com as autoridades! Mas calma, não as autoridades verdadeiras e sim aqueles que estão disfarçados como policiais. Se por acaso você ver um policial com trajes simples, que não está abordando muitas pessoas e mesmo assim ele chegar em você e pedir seu passaporte, desconfie, peça para ele o levar em um lugar que tenha mais pessoas confiáveis, como por exemplo uma sala com funcionários, alguém  que possa te explicar em sua língua nativa o que realmente está acontecendo.

Não bobeie, sempre fique atento, não deixe ninguém te fazer de bobo afinal, sua viagem está em jogo.

Aconteceu com você? Conte para nós e ajude outros viajantes!

Veja também:

Saiba identificar notas falsas na Argentina

5 dicas para não ser enganado pelos táxis em Buenos Aires

Conheça os golpes aplicados em Paris



Deixe seu Comentário

×Fechar