Blue Tree Park Lins com as crianças

280
0

Atualizado em 07/05/2018

Passei uma semana no Blue Tree Park Lins com as crianças, o resort fica na região Oeste do Estado de São Paulo, a 430 km da capital  e é conhecido pelas águas termais, que foram encontradas por volta de 1960, quando se procurava petróleo por lá.

Hoje, as águas são bem utilizadas em grandes piscinas termais, que são as principais estrelas do hotel. O parque aquático é formado por 2.800 m2 de piscinas de águas termais, correntes, naturais e minerais.

Bom, nem preciso dizer que Laranjinhas, Vitória e Giovana, de 7 e 3 anos, já acordavam perguntando quando iriam para as piscinas e curtiram bastante os dias por lá!

Como pegamos alguns dias de chuva, aproveitamos também o serviço de monitoria do hotel, que teve que usar toda a criatividade para entreter a criançada nos espaços cobertos. Deram conta do recado, mas as meninas ficariam frustradas se não aproveitassem as piscinas. Ainda bem que a chuva deu trégua!

A área do resort é bem grande e, além das piscinas, tem quadras de tênis e poliesportiva, campo de futebol, pista de cooper, SPA, academia, salas de jogos, clubinho para crianças pequenas e atividades pagas à parte como lago para pesca, tirolesa, arvorismo e pedalinho. Fomos nas férias de janeiro e o resort estava cheio, mas como a área é bem grande e as piscinas também, não sentimos que estava lotado. Apenas o serviço dos restaurantes e bares poderia contar com mais funcionários para dar mais agilidade aos pedidos.

Blue Tree Park Lins - campo de futebol

Vou te contar com mais detalhes como foi nossa experiência por lá!

Para se divertir e relaxar

Piscinas – A grande atração do Blue Tree de Lins! As piscinas que usam águas correntes e termais, tem a temperatura por volta de 38o.C e em alguns locais, como perto do SPA, a água é ainda mais quente. A água circula o tempo todo com uma vazão de 180 mil litros por hora. A piscina principal é enorme, com ilhas e pontes que compõe o visual. Há ainda uma piscina menor e rasinha para as crianças, uma rasinha e coberta para os bebês, uma piscina bem quente coberta para complemento das terapias no SPA e uma piscina fria, bastante procurada no auge do calor no interior de São Paulo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A piscina principal é “dividida” em várias partes por causa de seu desenho. Ao mesmo tempo que está rolando uma animada aula de hidroginástica, você pode estar do outro lado, sossegado, ou tomando algo no bar molhado. Esta piscina recebe a água em um temperatura bem alta (tipo 39o.C) de uma cascata de cima do SPA. Muitas pessoas aproveitam para receber uma massagem nas costas das cascatas menores. Dizem que a composição química da água tem efeitos terapêuticos. A pele fica mesmo com uma sensação aveludada, um pouco escorregadia!

A piscina para as crianças foi mesmo a preferida das meninas. Por motivos diferentes! A Giovana, de 3 anos, amou a profundidade da piscina, que bate em sua cintura. Pode brincar a vontade, pulando e nadando. Não queria sair de jeito nenhum. Como o tempo estava um pouco nublado, a água quentinha foi ideal. Ficamos nesta piscina até escurecer mais de um dias.

Para a Vitória, o grande atrativo da piscina foram os dois tobogãs radicais. Sim, há dois grandes tobogãs que abrem apenas por cerca de 3 horas por dia (pela manhã e no final da tarde). Um deles (o amarelo) é mais lento, com mais voltas e cenários dentro. Já o vermelho é inclinado e muito rápido. Os adultos (que estavam se divertindo tanto quanto as crianças) saiam do toboguã “voando”! Quando estes toboáguas estão abertos, os monitores fecham parte da piscina infantil para que ninguém se machuque. Mas ainda sobra muito espaço para brincar nessa piscina!

Blue Tree Park Lins

Os disputados tobogãs

Há também um escorregador menor, aberto o tempo todo e dois pequenos para as crianças menores. A Giovana curtiu bastante o escorregador do sapo, que precisa de um pouco mais de cuidado, pois estava com o corrimão solto e as borrachas do chão da escada levantadas. Como é para os pequenos vale a pena o pessoal do hotel prestar mais atenção nessa parte.

Blue Tree Park Lins

Blue Tree Toboga pequenos

Nos dias de muito calor, muitas pessoas buscam um refresco na piscina fria. Menor que as aquecidas, mas uma das mais bonitas do resort.

A única piscina completamente coberta é a do SPA e achamos interessante que as crianças também pode usá-la. Algo muito raro em resorts. A água é mais quente que as externas, brincamos um pouco por lá.

A piscina para bebês, fica bem em frente ao clubinho e à piscina infantil. É redonda e com uma correnteza fraquinha. Por ser coberta, muitos pais aproveitavam a sombra com os bebês.

Blue Tree Park Lins - por do sol palmeira

Blue Tree Park Lins

Sabe outra coisa bacana? As piscinas ficam abertas 24 horas! Com o calor da região a noite e uma boa iluminação, fica difícil resistir!

Recreação, monitores e “clubinho”– a equipe de monitores estava bastante animada e deu conta do recado, principalmente nos dias de chuva! Teve aula de circo, com equipe externa especializada (muito boa, por sinal!), muitas “caças ao tesouro” pelo hotel, esporte, artesanato e brincadeiras na piscina. As turmas são divididas por idade, a partir dos 4 anos e até os adolescentes.

Blue Tree Park Lins - bola circo

Percebemos que os monitores eram bastante atenciosos com as crianças e atentos aos “fugitivos”, conhecendo quase todas as crianças pelos nomes. Além disto, as crianças recebem as pulseiras de cores diferentes no check-in, indicando quem pode circular sozinha pelo hotel.

A programação é longa, das 09:30 às 22:30, com intervalo apenas no final do dia, antes do jantar. As crianças podem inclusive almoçar com os “tios”.

Blue Tree Park Lins - roda monitores

Para quem não quiser ficar com os monitores e na piscina, há ainda duas salas de jogos. Uma com mesas para jogos de tabuleiro e baralho e outra com uma mesa de pingue-pongue e uma de pebolim.

Para bebês e crianças de até 4 anos, há o “Baby Blue”, uma salinha com brinquedos infláveis, piscina de bolinhas, um grande pula pula, casinha e TV. A Giovana gostou bastante deste espaço também e como fica dentro do prédio principal, era sempre uma boa alternativa para brincar um pouco antes das refeições.

Blue Tree Park Lins

Gi no inflável do Baby Blue

Para adultos também – A atração para adultos também era bastante intensa. Os monitores eram engraçados e mantinham os adultos entretidos com gincanas musicais, bingos, shows de humor, além das atividades na piscina, como hidroginástica e gincanas. E muitos estavam se divertindo mais do que muitas crianças no grande toboágua! Quando estivemos por lá, também houve aula de circo para os adultos.
O espaço ao lado do bar do Lobby é muito gostoso e muitos adultos ficam por ali à noite, conversando, jogando cartas ou ouvindo a música ao vivo em alguns dias.

SPA Sui-Dô – O SPA fica bem ao fundo das piscinas e tem uma boa estrutura, com salas individuais para massagens e acupuntura, ofurô para casal e individual, saunas seca, úmida e jacuzzi (para banhos de imersão). O ambiente é silencioso e estava bem preparado para os hóspedes. As meninas ficaram super curiosas para fazer o banho de chocolate!

Blue Tree Park Lins

Academia – A Academia é espaçosa e bem estruturada, com diversos aparelhos. Apesar de bem montada, o cenário externo convida para uma caminhada ao ar livre!

Atividades pagas à parte – Há uma estrutura com diversas atividades pagas à parte, como tirolesa, arvorismo, pedalinho, aluguel de bicicleta e pesca. Se informe sobre os horários e valores na recepção.

Blue Tree Park Lins

Para matar a fome

Restaurante Infantil – O almoço e jantar é também servido em um buffet infantil onde as crianças podem fazer as refeições com os monitores, sem os pais. A refeição do buffet infantil é mais simples, com arroz, feijão, uma massa, uma ou duas carnes e salada. A comida estava saborosa e os picolés da sobremesa fizeram sucesso com os pequenos! Este buffet abre 30 minutos antes do restaurante principal, às 12hs e às 19hs. Achamos o horário do jantar um pouco tarde para as crianças, então nossa sugestão é aproveitar o lanche da tarde que há na programação dos monitores.

Para as crianças menores – para crianças de até 2 anos, o hotel oferece, gratuitamente, um excelente cardápio de papinhas. Excelente pelo atendimento e pelas opções. Basta agendar na recepção o horário e a opção de papinha desejada (sabores e consistência) e pontualmente, você recebe a papinha quentinha no quarto. Você pode pedir no 1o. dia para todos os dias seguintes. Isto ajuda muito com os pequenos!

Restaurantes principais – as refeições são feitas em dois restaurantes, que na realidade são interligados. Eles tem um sistema de que eu nunca tinha visto para que sempre haja uma mesa disponível quando você chega. Com funcionários controlando as portas dos restaurantes, eles abrem e fecham conforme a lotação. Pode ser que você encontre o restaurante super vazio, porque o outro acabou de fechar ou, ao contrário, você pode chegar no momento de lotação máxima do restaurante. Ainda assim terá uma mesa para você, mas pode ser que encontre os buffets mais cheios ou precisando de alguma reposição.

Blue Tree Park Lins - restaurante

A comida é de boa qualidade, sempre com uma opção de peixe, carne e massa. Por ser um resort com pensão completa, alguns pratos supreenderam como filé mignon e um delicioso peixe em enormes postas (não me lembro qual era, mas estava muito bom!). Nem sempre hotéis que tem todas as refeições inclusas oferecem este tipo de opção. A cada refeição também há um prato especial ou temático, que estavam muito bons na maioria das vezes. No buffet de sobremesas, o sucesso é o sorvete de massa!

Blue Tree Park Lins - pudim

O café da manhã também é completo, com vários pães, iogurtes e omeletes feitos na hora. As frutas e os frios não chamaram muito a atenção, mas sempre havia mamão e melancia, por exemplo.

As refeições foram muito boas no geral, o serviço atencioso, mas precisaria contar com mais funcionários. Alguns itens demoravam para serem repostos ou pedidos como talheres extras também.

Outras opções – uma opção bem bacana era que, no mesmo horário do início do jantar, eram feitas noites temáticas ao lado do bar do Lobby. As melhores foram as de hambúrguer e pizza. O local, uma varanda grande, com vista para as piscinas, mesinhas e sofás é muito gostoso mesmo para um aperitivo.

Quando estiver na piscina, há o restaurante do bar molhado que serve toda a área externa com petiscos, bebidas e sorvetes. As porções são generosas e a de kibe estava gostosa. As meninas curtiram comer algo por lá mesmo e não precisar sair da piscina. Novamente aqui, a quantidade de funcionários precisa ser maior para atender a toda área, que é bem grande.

A infra que facilita a vida

Copa do Bebê – há duas copas do bebê, equipadas com microondas, geladeira pequena, pia e utensílios, além de água, leite, leite em pó, achocolatado e açúcar. Estavam sempre bem limpas e funcionam 24 horas. Qualquer pedido especial, como frutas e papinhas, pode ser feito na recepção.

Quarto – ficamos em um quarto na ala nova (300), de tem vista para o estacionamento do hotel e um pouco da cidade de Lins. O quarto era novo e espaçoso, com uma cama king size e uma cama de solteiro. Pedimos uma cama extra para a Giovana e as grades de proteção e logo fomos atendidos. O banheiro é grande, com um ótimo chuveiro. Há também uma bancada para trabalho e tudo funcionou muito bem. No total são 180 apartamentos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Carrinho – o hotel tem uma área grande, mas os principais pontos, como o restaurante e Baby Blue ficam no mesmo prédio, o que facilita. Mas se você ficar em um quarto mais afastado ou estiver com bebê, vale a pena pedir um carrinho disponível na recepção.

Babá – não há babás disponíveis. Pode ser contratado à parte.

Posto Médico – um ponto que gostei e achei bem interessante é que o resort tem um serviço de “socorristas”, que são chamadas por qualquer funcionário e geralmente vem bem rápido a onde você está. A Vitória, por exemplo, bateu o dedo no fundo da piscina e, como estava sangrando, chamamos uma socorrista. A enfermeira foi rápida e super atenciosa. Como o resort fica próximo ao centro de Lins, há serviço de hospital na cidade.

Loja de conveniência – a loja é muito completa, com itens de higiene, guloseimas, algumas roupas de piscina e brinquedos. Há alguns medicamentos também.

Acho que contei de tudo. Já foi para o Blue Tree? Conte para nós!

A família da A Janela Laranja viajou a convite do Blue Tree Lins

Se você gostou, cadastre-se e reserve pelo Zarpo, eles tem condições especiais. Clique aqui!

Veja também os outros Resorts que já visitamos e escolha o seu!

No SUDESTE

Club Med Lake Paradise – Férias de Janeiro (Mogi das Cruzes – SP)

Club Med Lake Paradise – Reveillon (Mogi das Cruzes – SP)

Club Med Rio das Pedras (Mangaratiba – RJ)

Casa Grande Hotel  (Guarujá)

Quality Resort (Itupeva)

Grande Hotel São Pedro (Águas de São Pedro)

Vale Suíço (Itapeva)

Royal Palm Plaza (Campinas)

Guararema Park Resort  (Guararema)

Oscar Inn Eco Resort (Águas de Lindóia – SP)

Mavsa Resort (Cesário Lange – SP)

San Raphael (Itú – SP)

Sofitel Jequitimar (Guarujá – SP)

Canto da Floresta (Amparo – SP)

Meliá (Angra dos Reis – RJ)

Portobello Resort (Mangaratiba – RJ)

Bourbon (Atibaia – SP)

No SUL

Infinity Blue Resort (Balneário Camboriú – SC)

Mabú Resort (Foz do Iguaçu – PR)

Costão do Santinho Resort (Florianópolis – SC)

Il Campanário Villaggio Resort (Florianópolis – SC)

No NORDESTE!

Beach Park Suítes (Aquiraz – CE)

Carmel Charme (Aquiraz – CE)

Salinas do Maragogi (Maragogi – AL)

Salinas de Maceió (Maceió – AL)

Transamérica de Comandatuba (Ilha de Comandatuba – BA)

Fashion Weekend Kis Transamérica de Comandatuba (Ilha de Comandatuba – BA)

Vila Galé Marés  (Praia do Forte – BA)

Tivoli Ecoresort (Praia do Forte – BA)

Club Med Itaparica (Ilha de Itaparica – BA)

Costa do Sauípe (Costa do Sauípe – BA)

Grand Palladium (Imbassaí – BA)

Iberostar (Praia do Forte – BA)

Summerville (Porto de Galinhas – PE)

Club Med Trancoso – (Trancoso – BA)

FORA DO BRASIL

Sonesta Ocean Point somente para adultos (St Maarten – Caribe)

Secrets somente para adultos (Montego Bay – Jamaica)

Valle Nevado (Chile)

Ski Portillo (Chile)

Marriott Orlando World Center (Orlando – Florida – Estados Unidos)

Reunion Resort Kissimme (Orlando – Florida – Estados Unidos)

Disney`s Art of Animation  (Orlando – Florida – Estados Unidos)

Club Med Punta Cana (Punta Cana – República Dominicana)

Dicas para viajar no sistema All Inclusive (Tudo Incluído)



Deixe seu Comentário

×Fechar