Brasileiros continuam barrados em Barajas

255
7

Atualizado em 06/10/2010

Booking.com

Como sempre costumo reproduzir as notícias sobre a imigração por aqui.
Hoje li mais uma no UOL, mas a fonte é da EFE. Continua sendo melhor não entrar na Europa pela Espanha.
.
O aeroporto de Madri (Barajas) já impediu 873 brasileiros de entrar na Espanha este ano, em um total de 4.064 rejeições de cidadãos de outros países que não atendiam aos requisitos necessários, informaram nesta terça-feira fontes aeroportuárias.
Reportagem da EFE.


7 comments

  1. SÍLVIA OLIVEIRA 17 junho, 2009 at 22:26 Responder

    Puxa, que chato isso, né! Fiz mestrado e doutorado na Espanha. Nunca tive problemas com eles, nem perguntavam o que eu ia fazer… mas agora que tenho que voltar a minha universidade, em Sevilha, fico até com medo! Até porque, às vezes não há critério nas deportações!

  2. Marcio Nel Cimatti 17 junho, 2009 at 23:58 Responder

    Eu entraria pela Alemanha, Holanda, Bélgica e depois ía para Espanha.

    Já ouvi que é sem critério mesmo.

    Bjo!

  3. Inquietos 22 junho, 2009 at 16:52 Responder

    Márcio, uma amiga minha foi barrada lá faz 2 semanas. Ela me contou absurdos e prometeu fazer um relato para o Inquietos. Que situação complicada. Eu nunca tive problemas, mas começo a ficar com receio de viajar para a Espanha.

  4. Pat Alves 28 junho, 2009 at 04:14 Responder

    Imigração é realmente uma incognita. Meu vôo em Maio era para Munique com conexão em Paris. A policial disse apenas "Bon Jour!" e carimbou meu passaporte. Quando saí de Berlim para ir em Londres, o policial alemão quando viu a palavra "Brasil" examinou por várias vezes o passaporte, inclusive com lupa. Eu estranhei afinal eu estava saindo da Alemanha. Quando cheguei em Londres, a temida imigração londrina, fez a pergunta sobre o que eu ia fazer em Londres, eu respondi turismo e falei o nome de várias atrações. Agora,a volta para a Europa, no aeroporto de Amsterdã,eu fiquei muito aborrecida. A fila para verificação de passaportes estava superrápida mas foi so o policial ver a palavra "Brasil" e pronto. Quis ver tudo: a passagem de volta, o dinheiro, os cartões, etc. Eu estava perdendo a paciência pois acho que já está beirando a discriminação! Mas, eu acho que estando tudo certinho, inclusive com o tal seguro-saúde que muita gente se nega a fazer, não tem como eles barrarem.

  5. Marcio Nel Cimatti 28 junho, 2009 at 19:34 Responder

    Pat, eu sou a favor de ter todos os documentos possíveis na mão, ser muito educado e responder tudo com calma. Mes mesmo assim pela repetição das notícias acho que há uma determinação de "devolver" um certo número de brasileiros por mês em Madri.

    Abs!

Deixe seu Comentário

×Fechar