Buenos Aires: Roteiro de cinco dias! Os tradicionais bairros portenhos, a cidade das ilhas, animais e muita tecnologia

458
0

Atualizado em 25/11/2019

Se você vai à Buenos Aires e conhece a variedade de opções desse belíssimo local, sabe o quão facilitador pode ser um roteiro! Esse é o nosso roteiro de Buenos Aires, aproveite cada minuto!

A proposta deste roteiro é que nos três primeiros dias você realize as mesmas visitas que eu propus para vocês no roteiro de três dias dá uma olhadinha lá.

> Veja também: Buenos Aires mês a mês. Veja o que aproveitar de melhor em cada época do ano!

> Confira: Buenos Aires, muito mais que tango e futebol!


> Uma Argentina escreveu dicas dos melhores hotéis para ficar em BUENOS AIRES!


Inicio do roteiro de Buenos Aires

Então, nos primeiros dias você terá visitado os pontos turísticos do centro, os bairros de San Telmo, La Boca (onde está o Caminito), Recoleta, Palermo e Porto Madero.

Aqui eu decidi compartilhar com vocês algumas possibilidades de visitas para um dia fora de Buenos Aires. Eu fiz isto porque normalmente os roteiros de viagem não te dão possibilidades de escolher, aqui então pus roteiros de um dia para complementar os três primeiros dias de passeios em Buenos Aires.

No roteiro de sete dias também há outras possibilidades de passeios fora de Buenos Aires, você pode trocar um dos dias de atividade fora de Buenos Aires por um dia de compra ou para ir à cidade de Colônia ou La Plata, lá está tudo para fazer um destes roteiros.

O centro Tecnópolis: historicamente nossos hermanos produziram mais ferramentas tecnológicas

Buenos Aires: Roteiro de cinco dias

É um passeio muito recomendado para quem viaja com crianças.

O Tecnópolis é como um parque de diversão com o uso da tecnologia. Se for visitar verifique se está em funcionamento ou não, porque o centro tem períodos que fica fechado.

Na estação Echeverría da linha vermelha, D do metrô, sai a linha 112 que te deixa na porta do centro tecnológico e parque de diversões, em cerca de vinte minutos o ônibus chegará ao destino.

A entrada do Tecnópolis fica numa paralela na via local da Avenida General La Paz, grande avenida que separa Buenos Aires das cidades vizinhas da grande Buenos Aires. O endereço é Rua Juan Bautista de la Salle, 4341.

Uma das sessões mais visitada e que atrai crianças de todas as idades é a Terra de Dinos, neste espaço foram recriados dinossauros em tamanho real.

Outra atividade para todas as idades é a realidade virtual com bicicletas, usando óculos 3D e uma bicicleta elétrica a simulação vai te levando a muitas paisagens do país.

A realidade virtual do planetário que com luz de leds de diferentes intensidades simula o céu é impressionante se não fosse avisado muito provavelmente pensaríamos que é realmente o céu e não uma realidade criada.

E a mais interessante é a Asa delta 4D que simula um sobrevoo no país, passando pelos Andes, pela geleiras e pelas montanhas do norte do país. É incrível!!!

Além disto, há um museu de arqueologia, laboratórios de química e matemática e muitas atividades para as crianças que vão desde jogos até a criação de múltiplos objetos usando a tecnologia.

> O seguro de viajem ideal: Aproveite a nossa promoção!

Tigre, roteiro completo para a cidade das ilhas

Tigre está a trinta e dois quilômetros do centro de Buenos Aires. A cidade é um arquipélago, com os bairros em ilhas. Para mim é o melhor roteiro fora de Buenos Aires.

Para chegar a Tigre há possibilidades de agências que fazem traslados e algumas vendem inclusive pacotes com almoço no barco.

Em transporte público, o mais fácil é ir em trem, a linha Tigre sai do Terminal de Trens Retiro no centro de Buenos Aires e leva menos de uma hora para chegar até a cidade, na minha opinião a melhor forma de chegar lá.

O transporte coletivo em Tigre é feito em barcos. Esta é a melhor opção para ir visitando as ilhas que formam a cidade.

Em Tigre cada porto dos bairros funciona como um ponto de ônibus, ali você pode desembarcar e depois da sua visita é só esperar no mesmo lugar o próximo barco, o intervalo deles não supera os trinta minutos mesmo aos domingos.

Para quem tem espírito mais aventureiro também é possível alugar um bote ou caiaque e percorrer o delta do Tigre.

Ainda em terra, você pode visitar os casarões com seus enormes quintais construídos no final do século XIX e inicio do XX, tempos áureos dos argentinos. Essas lindas construções eram casas de campo de portenhos da classe alta.

O Palácio de San Marco também no centro histórico foi construído com madeira importada da Índia e que resiste à maresia. É só ir até a Avenida 25 de maio, para ver esta e outras mansões, lá estão também a Quinta de Vicente Lopez, A casa das colunas e de Willians.

Na esquina da Avenida 25 de maio com a Rua Estrada, você encontrará o Armazém Faggionato, que é monumento histórico argentino, a construção está toda restaurada.

Entrando na Rua Estrada você verá mais construções belíssimas do inicio do século, depois continue pela Rua Liniers onde terá mais destas construções e no número 1264 funciona o museu municipal, com um rico acervo das embarcações que circulavam por Buenos Aires.

Na beira rio há muitos restaurantes, onde você pode comer com uma belíssima vista ao delta do Tigre. E nosso último ponto antes de embarcar é Porto de frutas (Puerto de Frutos), onde você encontra móveis, artesanato e também frutas.

Os pontos turísticos que estão nas ilhas estão a uma distância entre 15 e 20 minutos do porto. E os lugares mais interessantes para visitar são uma reserva natural, que ocupa uma das ilhas, o Recreio El Alcazar que é uma praia de rio belíssima e um estabelecimento apícola que chama Fé e Esperança.

Também está nas ilhas o Museu Domingo Faustino Sarmiento que é uma casa do século XIX com seus móveis intactos, o Museu Haroldo Conti, que leva o nome do escritor argentino e é voltado para atividades literárias e a história do escritor e, por fim, o Museu de Artes que dentro de sua própria estrutura está separado por ilhotas ligadas por pontes.

> Compre um Chip Internacional e fique conectado a viagem toda!

O zoológico de Lujan

Para ir ao zoológico de Lujan, o melhor é ir de carro, porque são duas horas de viagem, mas se você for usar transporte público, a linha 57 de ônibus sai da Praça Itália e tem um ponto em frente ao zoológico. Vá com seu cartão de ônibus carregado, porque no Zoológico não há como carregar.

Um remis ou uber são as melhores alternativas para percorrer os cinquenta e seis quilômetros que separam o zoológico do centro de Buenos Aires. Os remis são carros para transporte devidamente legalizados e que cobram por corrida, eles não tem taxímetro.

O valor da corrida em remis dá para negociar por cerca de 2.000 pesos argentinos, o que equivalia em outubro de 2019 a mais ou menos R$200,00, com uber vai te sair um pouquinho menos.

Outra opção são as empresas que fazem o traslado e para grupos fica mais barato ir assim, uma agência de confiança é a GG viajes, que fica na Rua La Pampa, 4455.

O telefone da agência é +54 11 4543-6177, eles também disponibilizam reservas via whats app pelo número +54 911 5692-8082, além de existir a possibilidade de reserva no site da agência.

Apesar do difícil acesso a visita vale a pena. Isto porque diferente de muitos zoológicos, o de Lujan permite que as pessoas toquem os animais, inclusive os mais ferozes, que em Lujan não são tão ferozes assim.

O zoológico tem tigres, leões, macacos, pumas, dromedários, elefantes e muitas aves. Muitos dos animais estão em um habitat que simula o ambiente natural e podem ser vistos e alguns até tocados sem a separação pelas grades.

O que é feito com os animais é um adestramento sem uso de violência, o Zoológico é uma referência no tratamento aos animais e grande parte dos animais que vivem lá foram doados por pessoas que os mantinham em casa ou foram pegos pela polícia por ser proibido seu uso doméstico.

O zoológico funciona todos os dias a partir das nove da manhã e as visitas guiadas são a partir das onze. A entrada custa 1.200 pesos argentinos.

No zoológico, além dos animais, há espaços para relaxar, camping, lugares para fazer churrasco, restaurantes e três museus, um de carros antigos, um de máquinas agrícolas e outro de veículos militares.

Com tanta atração separe o dia todo para visitar o zoológico.

> Compare o preço e alugue seu carro nas melhores locadoras!

Os trajetos também têm muitas atrações 

Buenos Aires roteiro cinco dias, Argentina

Para quem está pela primeira vez em Buenos Aires, vai notar que a cidade e na verdade todo o país vizinho tem muitas características bastante diferentes da maioria das cidades brasileiras.

E os deslocamentos para ir a estes lugares que estão mais distantes são uma oportunidade de apreciar estas diferenças.

Uma delas é que os espanhóis pensaram todas as quadras regulares e proporcionais, então dá para se localizar com mais facilidade, sempre a numeração em uma rua vai ser a mesma em uma rua paralela.

Outra coisa que você vai observar é que Buenos Aires tem muitas, mas muitas praças mesmo. Algumas delas são tão grandes que para nós parecem parques, mas eles chamam de praça mesmo.

Mas a cidade também tem muitos parques, só que eles são gigantescos.

Outra diferença é o transporte público, algumas linhas do metrô ainda conserva toda a estrutura de quando foram construídas, a linha E, por exemplo, mantém os lustres do período de sua construção na década de 1930.

E os ônibus apesar de não ser novos, são muito conservados e são estilizados pelos motoristas, então a cada ônibus que você entre as cortinas, os para-choques e outros detalhes podem variar.

Escolha seu dia fora de Buenos Aires e conheça muito mais do que você pensava que ia encontrar!

> Compre, agora mesmo, a sua passagem com descontos especiais!

Dicas de compras em Buenos Aires

> Galerías Pacífico – Bisnagas de sabão da VZ Bath & Body

> Achado no Free Shop de Buenos Aires

> Compras em Palermo, Buenos Aires

> Onde comprar tênis em Buenos Aires?

> Compras na Recoleta, Buenos Aires

> Dicas de compras no centro de Buenos Aires

> Outlets em Buenos Aires

Confira, ainda, mais atrações em Buenos Aires:

> Conheça o MALBA em Buenos Aires

> Sua visita ao cemitério da Recoleta nunca mais será a mesma!

> Visite a Plaza de Mayo às quintas-feiras!

> Museu dos Beatles em Buenos Aires

> 5 passeios para fazer em Buenos Aires no feriado.

> O que fazer na Recoleta em Buenos Aires

> O que ver no centro de Buenos Aires

> Qual melhor show de tango em Buenos Aires?

> Onde ficar em Palermo, Buenos Aires

> Buenos Aires de bicicleta elétrica

> Buenos Aires a noite, vá para os bares de Palermo

> Fim de semana em Buenos Aires, um vídeo com dicas!

> Marriott Plaza Buenos Aires



Deixe seu Comentário

×Fechar