Castelo de Amboise, berço do Renascimento

687
0

Atualizado em 31/05/2016

Os castelos do Vale do Loire são lindos e, alguns deles, com muita história. É o caso do Castelo de Amboise, que fica em cima de uma rocha imensa, foi a última fortaleza medieval da França e o primeiro palácio do Renascimento. O castelo foi incluído na lista de monumentos históricos da França em 1840.

Muitos reis passaram por esse castelo e alguns viveram lá. Um deles que passou bastante tempo no Castelo de Amboise, o rei Francisco I, que revezava sua estadia entre Amboise e o Castelo Real de Blois.

Foi o rei Francisco I que convidou o mestre Leonardo da Vinci para viver na cidade. Foi em Amboise que Leonardo da Vinci inventou muitas coisas pelas quais é reconhecido até hoje. Além de dessas criações incríveis, ele ajudava na organização das festas e eventos do rei. A guia me falou durante a visita ao castelo que foi em uma dessas festas que Leonardo usou pela primeira vez fogos de artifício. Essa foi a primeira vez que os fogos foram vistos na França.

Dentro do castelo, vá andando pela diversas alas lendo e descobrindo detalhes históricos. Além disso, vale a pena reparar nos móveis e obras de arte.

Depois de conhecer toda a parte interna, não deixe de conhecer a Capela de Saint Hubert onde Leonardo da Vinci está sepultado.

Para saber mais de Leonardo da Vinci, mergulhar em suas invenções e ver onde ele viveu em Amboise, visite o Castelo de Clos-Lucé. O castelo fica a poucos metros do castelo real e dá para ir andando e curtindo o charmoso centro da cidade.

No Castelo Clos-Lucé você pode ver protótipos e maquetes das invenções do gênio da Vinci. Entre as criações, veja uma delas que depois de anos auxiliou a construção dos tanques de guerra.  Há também a bicicleta, o para-quedas e muitas outras. Veja no vídeo acima, depois do castelo de Amboise, um pouco do que se pode ver no Clos-Lucé.

Escolha a melhor hora entre as visitas aos castelos para conhecer a Pâtisserie Bigot, ela fica bem em frente a entrada para o castelo. A vitrine da pâtisserie é uma tentação, um convite para provar todos aqueles chocolates. Se você tiver tempo, almoce lá. Tudo o que eu comi estava gostoso. Mas as estrelas da Pâtisserie Bigot são as sobremesas, principalmente as de chocolate como a bomba.

As bombas de chocolate da Pâstisserie Bigot em Amboise

As bombas de chocolate da Pâstisserie Bigot em Amboise

As bombas de chocolate da Pâstisserie Bigot em Amboise

As bombas de chocolate da Pâstisserie Bigot em Amboise

Pâstisserie Bigot em Amboise

Pâstisserie Bigot em Amboise

A Bigot funciona a mais de 100 anos na mesma esquina pela mesma família e reitero que é uma visita obrigatória para os amantes de chocolate. Passa lá e me conta o que você achou.

Depois de um dia intenso com muita informação e história, minha dica de hospedagem é um hotel que também tem muita história, o Oceania l’Univers em Tours. O hotel é um clássico na cidade, fica em frente a prefeitura e celebridades, reis e pessoas muito importantes já se hospedaram por lá. Não é exagero não! O hotel tem tanto orgulho desses hóspedes ilustres que deixa uma lista com o nome deles em cima do piano ao lado da recepção e no salão em frente aos elevadores tem uma grande pintura que retrata cada um deles. Não deixe de ver o filme acima até o final.

A suíte que eu fiquei foi reformada recentemente. Tudo estava bem novo e com decoração e design moderno, o que contrasta com a sobriedade do hotel super tradicional.

Não deixe de ver nossas outras dicas dessa região da França.

É possível se hospedar em um castelo na França

Château Royal de Blois, a casa de reis e rainhas da França

O lindo Castelo de Cheverny é visita obrigatória no Vale do Loire

Chambord, visite o castelo mais imponente do Vale do Loire

5 Motivos para conhecer o Castelo de Valençay

O belo castelo Chaumont Sur Loire

O castelo Chanonceau, o mais lindo do Vale do Loire

Marcio viajou a convite da Air France e do Atout France



Deixe seu Comentário

×Fechar