Conheça o Begijnhof

82
18

Atualizado em 03/09/2010



Andando por Amsterdã não dá para saber que alguns prédios dos séculos XIV, XV e XVI tem uma área comum nos fundos. Muitos têm jardim, varal e até churrasqueira.

O acesso geralmente é privado e só dá para chegar nessa parte por dentro dos apartamentos.

Há uma área dessa que é uma pequena praça em que é possível e vale a pena ser visitada. O lugar chama-se Begijnhof e fica atrás dos prédios da praça Spui.

Essa área escondida no fundo dos prédios foi um convento no século XIV e ainda hoje tem 2 pequenas igrejas que mais parecem capelas funcionando ali. Uma delas presbiteriana muito disputada para casamentos com importantes obras de arte no seu interior.

Outra atração do lugar é a casa de madeira nº34 a mais antiga e ainda conservada da Holanda. A construção é de 1465.

O site para quem se interessar é http://www.begijnhofamsterdam.nl/index_engels.html_



18 comments

  1. daniela 22 agosto, 2007 at 06:35 Responder

    Lugar extremamente recomendável, um recanto de paz, né? Uma vez, quando visitei com uma guia, ela contou que guias não podem mais entrar lá (opa?!). Ela escondeu o crachá dela de guia e pediu para nós (eu e uma amiga) fazermos pouco barulho. Isso porque as moradias são habitadas e os moradores estão meio de saco cheio dos turistas escandalosos… boas fotos, Márcio!
    beijo,

  2. Emília 22 agosto, 2007 at 13:18 Responder

    Que lugar delicioso…eu adoro descobrir esses cantinhos, mesmo em São Paulo.
    Aliás, tem uma vila em Santana inspirada (vagamente) na arquitetura holandesa. Vou ver se tiro umas fotos neste final de semana.

  3. Marcio Nel Cimatti 22 agosto, 2007 at 17:07 Responder

    Adriane,

    Pode anotar mas vem com agasalho, tá!!

    Emília,

    Depois mostras as fotos prá nós!

    Valeu Dani!!

    Legal a igrejinha né Simone!

  4. Diogo 22 agosto, 2007 at 23:19 Responder

    Nossa Marcinho, demais velho!!!

    Incrível mesmo… Zoropa é foda né?! Cada canto tem muito mais tempo de história do que o Brasil. Hmpf, c’est la via…

    Abração

  5. DO 23 agosto, 2007 at 06:57 Responder

    Não adianta,né MARCIO. Em termos de cultura e preservação,a EUROPA dá de dez a zero em qualquer outro continente. Isto que é conservação.
    Abraço grande!

  6. Rodrigo 23 agosto, 2007 at 12:44 Responder

    Marcio,

    eu adoro visitar o Begijnhof da Spui.

    Sabe que eu descobri que esses lugares (que sao tipo de vilas com pátio interno) costumavam servir de abrigo para freiras, viúvas, etc. Esses tipos de lugares tem não só em Amsterdam, mas também ao longo de toda a Holanda e Bélgica.

    Tem vários desses “hofjes” (que poderia ser considerado o nome genérico) no Jordaan, mas são menores e mais escondidos, e poucos poedm ser visitados. Um bem legal de se visitar é o que fica na rua Egelantiersstraat, do lado do restaurante Claes Claesz (literalmente uma portinha do lado do restaurante). Vale a pena

    E muito legal essa dica.
    Abraços

  7. Marcio Nel Cimatti 23 agosto, 2007 at 12:54 Responder

    É isso mesmo Rodrigo. Já alguns pelo lado de fora, mas é tudo privado/particular e não dá para entrar.

    Abs!!

    Marcio

  8. Sylvia 23 agosto, 2007 at 13:01 Responder

    Uau Marcio !
    Sabes quando que estive no Begijnhof ? Em 1969 .. e continua
    igualzinho 🙂
    Fui conduzida a esse pátio por uns brasileiros que encontrei na rua e que se tornaram grandes amigos ( fizemos ate uma viagem juntos para Punta uns anos depois )

  9. Janaína Pimentel 24 agosto, 2007 at 03:34 Responder

    Poxa, que legal.. quero ver!
    Moro num prrédio antigo em Amsterdam, mas a área atrás é de acesso apenas de quem mora no térreo, acho.
    Abraços

  10. Rosangela 26 agosto, 2007 at 17:30 Responder

    Uau… Qando fui a Amsterdã, eu entrevi estes “hofs” de algumas janelas da rua. Fiquei super curiosa. Dica anotada para quando voltar aí.

  11. Isa 6 novembro, 2009 at 12:29 Responder

    Estive a cerca de um mes em Amsterdã pela primeira vez, pena que só um final de semana, mas já deu para ter uma impressão legal da cidade. É muito bonita mesma. Sempre soube dos canais, mas nao sabia que eram tantos (acho que li em uma revista no hotel em que fiquei que sao maisde 2.000 pontes!!!). E o Begijnhof é muito bonito mesmo, é um oásis de sossego.

    Parabéns pelo blog.

    Isa (Pousada Morro de São Paulo )

Deixe seu Comentário

×Fechar