O charme de esquiar em Portillo

Atualizado em 26/10/2014

Esse ano escolhi Portillo para tomar meus tombos de esqui. Descobri que depois que uma pessoa aprende ou acha que aprende esquiar fica com aquela vontade de se mandar para uma estação de esqui assim que o inverno chega. E esse ano, logo na primeira semana em que a estação abriu, eu aproveitei para conhecê-la.

Chegar à Portillo é razoavelmente tranquilo, a estrada é a mesma que leva de Santiago para Mendoza na Argentina. Aliás a fronteira é muito perto do centro de esqui.

Levei aproximadamente 2 horas de Santiago para percorrer os 165 kms e chegar na estação.

A parte mais difícil é também a mais linda. O trecho final já é nas Cordilheiras onde o motorista é obrigado a enfrentar 30 curvas fechadas. Essa parte é  a mais linda. Lá do alto, já a mais de 2.000 metros de altitude, a vista é incrível e o nome desse trecho não poderia ser mais apropriado, Los Caracoles. Reparem no GPS da Van nas imagens do começo do filme.

Depois das curvas, o amarelão do Hotel Portillo contrasta com o branco da neve e os efeitos da altitude começam a se revelar.

Sabe quando os jogadores de futebol vão jogar em La Paz ou em outro lugar bem alto e a imprensa especializada fala bastante dos tais efeitos da altitude? Pois é, conhecer estações de esqui geralmente fazem você sentir na pele esses efeitos e descobrir que não é frescura dos jogadores.

A cabeça parece pesar mais do que o normal e subir um andar de escada pode te deixar ofegante. Nada que muita água e um ou dois dias de adaptação não resolvam.

Esquiadores no teleferico Portillo

Começo a te contar de Portillo pela parte prática. A estação não tem opção para aluguel de roupa, somente de equipamento. Quando descobri isso achei estranho, mas ao chegar lá foi fácil entender o motivo.

Portillo é a estação mais charmosa e exclusiva da América do Sul, acabou de completar 65 anos e é frequentada por famílias tradicionais do Brasil, Argentina e Chile, além dos americanos e de equipes olímpicas de esqui do mundo todo.

E como a estação é isolada com poucas alternativas de hospedagem, não cabe muita gente.

Na época mais cheia, o resort recebe cerca de 500 pessoas que se espalham por 34 pistas. Não vi filas nos teleféricos, nem encontrões na pista, as pessoas têm muito espaço. É como se fosse um centro de esqui para Vips. Algumas celebridades escolhem Portillo por isso, tem muito menos assédio dos fãs.

Conversando com o pessoal de lá descobri que há mais de um funcionário por hóspede. Logo na primeira refeição no Comedor Principal deu para perceber isso. O atendimento é atento e diferenciado, são muitos garçons por mesa e todas as refeições são à la carte nesse restaurante.

Outra coisa que reparei é que as pessoas em Portillo tomam café da manhã e jantam tarde. Não há muita pressa, a idéia não é só esquiar, mas também relaxar e curtir a gastronomia.

Depois de conhecer Portillo, vi que não disponibilizarem aluguel de roupas para prática de esqui na estação não faz falta. Muitos frequentadores desse centro de esqui estão acostumados a esquiar e possuem os próprios trajes.

Se não for o seu caso e você pretende curtir Portillo. Veja aqui dicas para comprar suas roupas no Brasil, nesse post. E se achar melhor alugar as roupas em Santiago, vá a SkiTotal , fica na Apoquindo 4900 em Las Condes, Santiago.

Marcio

Em Portillo há quatro opções de hospedagem, além do Hotel Portillo que foi onde fiquei e vou te contar com mais detalhes. Há alguns chalés que podem ser interessantes para famílias, há também o Alojamento Inca e o Alojamento Octagon, mais econômicos com quartos e banheiros compartilhados.

Eu fiquei no Hotel Portillo, o do prédio amarelão cheio de história! Esse ano o hotel completa 65 anos. Portillo ficou conhecida mesmo depois do Campeonato Mundial de Esqui que rolou em 1966. Os chilenos superaram muitas dificuldades para realizar o campeonato, uma avalanche levou grande parte da estrutura da estação pouco tempo antes do campeonato acontecer. Com muito esforço e força de vontade eles conseguir refazer a infra-estrutura necessária e realizar o primeiro campeonato mundial da América do Sul.

Depois disso, Portillo ficou conhecida de vez e até hoje as equipes olímpicas do hemisfério norte treinam na estação em agosto e setembro.

Portillo do alto

DCIM100GOPRO

Eu fiquei em uma Suíte chamada de Double Lago, que tem uma vista que vale a viagem. A vista inclui as piscinas do hotel abaixo da janela, a Laguna Del Inca a frente e as montanhas chamadas de Los Tres Hermanos ao fundo. Incrível!

Portillo Marcio Cimatti

O serviço continuou me chamando atenção na suíte que sempre estava muito bem arrumada. Um detalhe interessante sobre a suíte, não há televisão e isso é por um conceito do hotel. A intenção é que os hóspedes fiquem mais tempo fora dos quartos e interajam entre si. Isso dá certo!

Suite

Amenities

Portillo tem 34 pistas e com 14 teleféricos, a maioria para esquiadores intermediários e avançados, mas é possível aprender a esquiar com tranquilidade nas pistas destinadas a iniciante. Eu fiz algumas aulas lá na parte dos iniciantes e foi muito bacana.

Em um dos dias que fiquei por lá almocei no restaurante Tio Bobs. Um restaurante que fica lá no alto da montanha, a mais de 3.000 metros de altitude, e dá para ir com equipamento para descer de volta esquiando.

A vista desse restaurante é demais e o ambiente é uma delícia. Uma cabana de madeira com comida boa, lareira, música. Muito gostoso!

Tio Bobs

Depois de todo o esforço do dia, dos tombos e da adrenalina nada melhor do que descansar nas águas bem quentes das piscinas e jacuzzis.

Encare os quatro ou cinco metros de frio que é a distância da porta do vestiário até as piscinas e relaxe!

Piscina esqui

Os 38º de temperatura da água relaxam os músculos enquanto você acompanha um pôr do sol que tinge a neve de laranja e de rosa.

Neve rosa

Para os que ainda estão no pique tem horário em que uns instrutores dão aula de hidroginástica na piscina. Mas haja disposição.

Depois do esqui, da piscina e de um bom banho é hora de comer muito bem. As refeições, como não poderiam deixar de ser, têm como especialidade os frutos do mar do Chile e carnes, devido a proximidade da Argentina.

Toda noite tem uma sopa para esquentar e a carta de vinhos agrada os especialistas mais exigentes. Eu pude comprovar isso e experimentar ótimos vinhos chilenos.

Prato Portillo

Prato

O dia não acaba depois do jantar. O bar rústico ao lado do restaurante me surpreendeu pela qualidade das bandas que apresentam covers de bandas famosas das antigas. Teve Simply Red, U2, George Michael e cover de bandas argentinas.

Pensa que terminou? Nada! No andar de baixo rola uma balada para os mais animados.

Uma dica para os baladeiros e aventureiros. Há um bar onde os funcionários costumam tomar seus piscos fora do hotel chamado La Posada. Muito mais simples e típico é possível se misturar com os “locais” conhecer músicas da região e se divertir pagando bem menos do que dentro do hotel. Pelo menos em uma das noites passe lá para conhecer.

Nem só de esqui vive Portillo, alem das piscinas que já comentei, o complexo tem uma salão de jogos, um ginásio, salão de beleza e academia.

E para as crianças?? Claro que eu reparei em tudo.

Portillo é ótimo para as famílias pela tranquilidade e por não ter uma multidão de gente. Os pequenos podem fazer aulas particulares ou em grupo e quando não estiverem esquiando podem ficar na Guarderia, uma espécie de clubinho onde os pequenos podem jogar, brincar, ver TV, fazer atividades e até dormir, tudo com o acompanhamento de monitores que estão super acostumados com os brasileirinhos.

Existem babás também a disposição, consulte no site o valor.

Guarderia

Para os maiores, o salão de jogos é bacana, tem parede de escalada, mesa de pingue pongue, pebolim/totó e jogos de tabuleiro.

Entre as atividades que os pequenos fazem durante a semana em Portillo tem caça ao tesouro, aprendem a fazer boneco de neve, fazem pão na padaria do resort e etc…

O que eu percebi e que fica de dica é que o intervalo das refeições é muito longo. O restaurante abre as 19h30 para o jantar fica tarde para quem vai com criança pequena. Nesse caso minha sugestão é levar de Santiago, ou do Brasil mesmo, biscoitos e papinhas para que os pequenos aguentem esses intervalos.

Depois que o restaurante abre, pode ficar tranquilo, pois há um menu kids bem bacana e essas sopas ajudam muito a noite. O pessoal do restaurante é muito disposto a ajudar, se precisar de algo especial alguma preferência de seu filho, informe aos funcionários.

Resumindo, os pequenos se divertem aprendem a esquiar muito rápido e dão um baile nos pais.

Para finalizar, anota aí estas dicas do que você não pode deixar de levar para Portillo:

– Protetor solar acima de 50, com o sol refletindo na neve você vai torrar se esquecer dele.

– Óculos escuro ou a máscara própria para esquiar. Pelo mesmo motivo, o reflexo não permite que você enxergue nada sem óculos.

– Roupas leves, bermuda, sunga ou biquíni, pois dentro do hotel é quente. Além disso, tem a piscina, lembra?

– Durante a noite, os hóspedes capricham no visual para jantar e para a balada, no café e no almoço é todo mundo com roupa para esquiar.

– Aquele protetor para o lábio não rachar

Saiba mais sobre Portillo no site: http://www.skiportillo.com/

Veja nossas outras dicas do Chile!

Dicas de Santiago!

Santiago com criança. Fantasilândia

Santiago com os filhos. Museo Interactivo Mirador

Santiago com crianças. Zoológico e Parque Metropolitano

Veja nossa dica de onde comer em Santiago

Parque Araucano e shopping Parque Arauco

Conheça o Museu de Artes Visuais em Santiago

Cerro Santa Lucia

Em Santiago, almoce no Galindo

O romântico The Aubrey Hotel de Santiago

Bairro Bellavista – Restaurantes e Baladas

Centro Cultural Palacio La Moneda

Compras em Santiago

Plaza de Armas

Perto de Santiago!

Viña del Mar

La Sebastiana, Valparaiso

Mais para o SUL!

Conheça Puerto Varas no Chile!

Ilha de Chiloé, no sul do Chile, você ainda vai ouvir falar dela.

Onde ficar em Chiloé, no sul do Chile

Vá ver os pinguins em Chiloé

ATACAMA!

Conheça o Kunza, um excelente Hotel no deserto do Atacama

Os Flamingos do Salar do Atacama

Visite as Vinícolas e conheça os melhores lugares para beber bem no Chile!

Visite a vinícola Santa Rita no Chile

Vinícolas no Chile, Casa del Bosque

Neve e estações de esqui!

O charme de esquiar em Portillo

Valle Nevado com criança, veja como foi nossa viagem

Temporada de neve! Veja 5 dicas para a sua viagem

Dicas de roupa para temporada de neve.

Siga nosso Instagram e 

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui!

Veja mais dicas para viajar com os filhos!

Marcio viajou a convite do Ski Portillo



Deixe seu Comentário

×Fechar