Conheça a Fundação Louis Vuitton em Paris

145
0

Atualizado em 04/08/2017

Localizada em Paris, a Fundação Louis Vuitton inaugurada em 2014 faz muito sucesso devido a sua arquitetura bastante chamativa feita pelo Frank Gehry, um grande arquiteto Canadense, naturalizado americano. Sua estrutura e composição são feitas de placas de vidro sobrepostas e o local foi construído para receber obras contemporâneas.

A construção demorou 12 anos para ficar pronta e custou 135 milhões de dólares para Bernard Arnault, o fundador. Muitas pessoas criticam o tom de como esse edifício foi construído, dizendo que é moderno demais… outros contemplam a beleza e dizem que se parece com um barco a vela ou até mesmo uma nave espacial.

A primeira vez que ouvi que existia uma Fundação Louis Vuitton, imaginei que as exposições tivesse relação com a marca, mas fiquei muito bem surpreendido com a linda exposição que vi. Você não vai encontrar as famosas bolsas e malas da marca, mas sim arte da melhor qualidade.

O lugar recebe exposições temporárias impressionantes. Entre 26 de abril até 28 de agosto de 2017, está em exibição a exposição Art / Afrique, le nouvel atelier, com 3 espaços:

– The Insiders, seleção de obras dos anos 1989/2009 de Jean Pigozzi, arte africana. Galerias 1 e 2 (cave)

– Being There, Africa do Sul, uma cena contemporânea, com obras de 16 artistas que retratam a continuidade histórica. Galerias 4 (nível 0), 5, 6 e 7 (nível 1)

– África na coleção da Fundação Louis Vuitton, obras africanas com as perspectivas voltadas para esse continente. Galerias 8, 9, 10, 11 (nível 2)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tive a oportunidade de ver essas exposições de arte africana e achei incrível. As instalações tem cores e uma força de impactar os visitantes. Eu costumo visitar museus pelo mundo afora e sei que a arte africana não tem o espaço que merece então acabei aproveitando ao máximo o tempo que passei na fundação.

Chamo atenção para quem tiver a oportunidade de visitar a fundação para o trabalho de David Goldblatt e Chéri Samba que ressaltam a diversidade das culturas e dos países africanos e sua repercussão em todo o mundo.

A bela iniciativa da Fundação Louis Vuitton confirma a necessidade de termos mais espaço para os artistas da África. Só depois disso o mundo da arte poderá ser descrito como global.

Serviço

Endereço: A Fundação fica na 8, avenue du Mahatma Gandhi, Bois de Boulogne, 75116 Paris.

Horário de funcionamento da Fundação Louis Vuitton :
Segundas, quartas e quintas-feiras das 12h às 19h, aberto à noite às sextas-feiras até às 23h.
Sábado e domingo das 11h às 20h.
Fechado às terças-feiras.

Horário de funcionamento (nas férias escolares ):
Segundas feiras, quartas-feiras, quintas-feiras, sábados e domingos das 10h às 20h.
Terça-feira das 14h às 21h

Como chegar: pegue um shuffle – chamado Navette – ao lado do Arco do Triunfo, na Place Charles de Gaulle na esquina com Avenue Friedland que custa 1€ e parte de 15 em 15 minutos.

Como chegar a Paris:

Para ir direto voe AirFrance que opera voos diários entre São Paulo – Paris e Rio – Paris . Veja as opções:

Na rota Paris-SP-Paris, são 2 voos diários:

CDG-GRU (AF 454): Decola às 23h30 do Terminal 2E em Paris e chega às 6h20 no Terminal 3 em SP.
GRU-CDG (AF 457): Decola às 15h15 do Terminal 3 em SP e chega às 7h35 no Terminal 2E em Paris.

CDG-GRU (AF 456): Decola às 10h10 do Terminal 2E em Paris e chega às 16h55 no Terminal 3 em SP.
GRU-CDG (AF 459): Decola às 18h55 do Terminal 3 em SP e chega às 11h10 no Terminal 2E em Paris.
*a partir de 05/02/18, os voos mudam de horário: AF 456 (CDG 10h10 – GRU 19:05) e AF 459 (GRU 21:10 – CDG 11:10)
Na rota Paris-Rio-Paris, 1 voo diário:

CDG-GIG (AF 442): Decola às 23h30 do Terminal 2E em Paris e chega às 5h40 no Terminal 2 no Rio.
GIG-CDG (AF 443): Decola às 15h40 do Terminal 2 no Rio e chega às 7h50 no Terminal 2E em Paris.

Marcio viajou a convite da AirFrance e do Atout France.

Não deixe de conferir nossa seleção de Onde Ficar em Paris!



Deixe seu Comentário

×Fechar