Museu do Imigrante reabre em São Paulo com entrada gratuita

Foram longos três anos e meio de reforma para restauração e, finalmente, o Museu do Imigrante reabriu as suas portas no último sábado, dia 31.

Agora o museu tem um novo nome, “Museu da Imigração do Estado de São Paulo”, e novas atrações fresquinhas.

Eu sou suspeita para falar porque, particularmente, este é o meu museu favorito na cidade. Grande parte das pessoas que moram em São Paulo possui descdência imigrante. E este museu é muito bacana para você pesquisar as suas raízes.

Se você tem o nome de um parente que veio de outro país durante o período de imigração, é capaz que você encontre o navio que o trouxe, o dia que ele desembarcou, a assinatura dele em documentos e, às vezes, até fotos.

O museu era uma hospedaria que recebia os imigrantes e os abrigava por alguns dias até eles conseguirem arranjar emprego – a maioria em fazenda de café. Por isso, até hoje você pode visitar os alojamentos, conhecer o refeitório, se emocionar com histórias, ver objetos e conhecer um pouco dos povos que formaram a São Paulo que é hoje.

Além disso tudo, o museu ainda oferece passeios incríveis para os pequenos. O tradicional passeio de Maria Fumaça e a possibilidade de tirar retratos antigos com roupas daquela epoca divertem a família toda.

Com certeza é um passeio que eu super indico. E o mais legal disso tudo é que, para celebrar a reabertura, o museu terá entrada gratuita entre junho e julho. Momento ideal para você levar os pequenos durante as férias.

Da Redação!

museu

Divulgação



Deixe seu Comentário

×Fechar