O melhor japonês de Amsterdã

120
8

Atualizado em 06/10/2010

Um amigo me perguntou e claro, virou post.
Se estiver visitando Amsterdã e bater aquela vontade de comer num restaurante japonês, você tem que conhecer o Yamazato.
O Yamazato é o restaurante do Hotel Okura. Fica na Ferdinand Bolstraat, 333 procure no mapa pelo bairro DePijp. Reserve pelo telefone (020)678 83 51
Um atendimento rápido feito por moças de kimono lembra o atendimento dos bons restaurantes do Brasil. Nem parece Holanda.
Os pratos deliciosos, montados com muito cuidado e a apresentação de cada um deles é impecável. Confira nas imagens do site do restaurante que postei acima.
Claro que saborear essa delícia tem um preço e é caro.
Prepare-se para gastar uns E$60 por pessoa. Mas vale cada centavo.
Vá lá e depois me conte por aqui se gostou ou não.


8 comments

  1. www.albumdecasamento.com 30 junho, 2009 at 17:21 Responder

    Puxa que fotografia interessante! Adoro comida japonesa, certamenta é a melhor do mundo.

    J.Geraldo Padilha

  2. Hime Baka Sama 4 julho, 2009 at 11:25 Responder

    Arô!! 😀
    Tudo bem?
    Encontrei agora este blog e gostei bastante dos temas, principalmente sobre a Holanda e a comida Japonesa ^^.

    Ainda na semana passada estive a conversar com o meu melhor amigo em relação a irmos viver todos (ele, eu e mais uns amigos em comum) para Holanda, perto ou mesmo na casa do irmão de um dos nossos amigos…

    E como é óbvio eu fiquei curiosa sobre essa possibilidade! E gostava de saber mais como é a vida lá de uma pessoa vinda de fora (Portugal)…

    Reparei também que ai na Holanda o assunto da Moda e Design não é tratado como lixo (como é aqui em Portugal)…

    Visto que estou num curso de Design de Moda/Estilismo Industrial, achas que quando acaba-se o curso e fosse para Holanda teria alguma saída??

    Brigadao
    Beijokas***

  3. Anonymous 16 dezembro, 2009 at 14:27 Responder

    Oi Marcio,

    eu fui nesse restaurante ano passado e ele era realmente muito refinado (e caro tambem,hehe). Uma coisa que me chamou a atencao foi o fato de nao haver wasabi ou shoyu nas mesas. Eles explicaram que cada prato (pegamos uma especie de menu degustacao, com varias pequenas porcoes) é preparado ja com a quantidade ideal de molho, e que no fundo o shoyu e o wasabi "banalizam" o gosto do prato (seria um pouco como usar catchup em um churrasco). Foi bem interessante, e sem duvida a gama de sabores foi muito maior.

    Um abracao (e saudades),

    Rodrigo

Deixe seu Comentário

×Fechar