O que fazer na Serra Gaúcha, veja os melhores roteiros

103
0

Atualizado em 08/12/2020

O que fazer na Serra Gaúcha, veja os melhores roteiros. Seja com a família, com amigos ou com parceiros românticos, viajar é uma das coisas mais satisfatórias de se fazer na vida.

É um momento para relaxar e conhecer novos lugares, culturas e vivências, uma oportunidade para se aventurar e se conhecer melhor.

A Serra Gaúcha e seus roteiros turísticos são um prato cheio para quem gosta deste tipo de experiência. 

O que fazer na Serra Gaúcha

Piqueniques sob parreirais, passeios à beira de cânions com belas vistas ou hospedagens em chalés charmosos no estilo rústico são apenas alguns exemplos de programas para se fazer na região.

As cidades de Bento Gonçalves, Cambará do Sul e Picada Café estão entre o top 10 de destinos mais procurados em plataformas de viagens no Rio Grande do Sul, como a Viva o RS. A ferramenta foi criada justamente para incentivar as pessoas a conhecerem melhor o estado e esteve no ar desde 20 de setembro de 2020. 

Sobre a ferramenta

A plataforma Viva o RS tem como objetivo oferecer opções seguras de viagens dentro do estado para mostrar o que o Rio Grande do Sul tem de melhor. Dentro da ferramenta você pode encontrar mais de cem destinos e roteiros em dez regiões diferentes, sendo elas:

  • Campos de Cima da Serra;
  • Costa Doce;
  • Região das Hortênsias;
  • Região da Fronteira;
  • Pampa Gaúcho;
  • Porto Alegre;
  • Rota das Missões;
  • Uva e Vinho;
  • Vale do Taquari;
  • Vale Germânico.

O projeto Viva o RS foi implementado após pesquisas feitas na região metropolitana de Porto Alegre apontar que mais de 80% das pessoas não conheciam a maioria dos roteiros turísticos no estado.

A plataforma conta com o apoio do Sebrae RS, da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico e Turismo e do comitê de retomada do turismo.

Como a ideia surgiu durante a pandemia para fomentar o turismo, todas os roteiros são seguros contra o Covid-19. 

A plataforma oferece a opção de busca por região e já exibe a página de compra dos ingressos, além de contar com uma assistente virtual que dá dicas e encontra sugestões de passeios conforme o perfil de cada usuário. E claro, com relação aos roteiros turísticos da serra gaúcha também tem muita coisa bacana que você e sua família podem aproveitar. 

O que fazer na Serra Gaúcha, conheça os passeios mais populares da plataforma

Os destinos mais procurados nos meses em que a ferramenta esteve no ar são bastante diversificados, ou seja, incluem aventura, relaxamento e programas para toda a família ou apenas casais. Os três principais ao longo do período foram;

O que fazer na Serra Gaúcha – Passeio de bicicleta, Cambará do Sul

Voltado para quem é mais ativo e gosta de estar em contato com o meio ambiente, os passeios de bike em Cambará do Sul à beira do cânion de Itaimbezinho são perfeitos para quem gosta de aventura.

O ponto de saída e de chegada é na sede do Parque dos Aparados da Serra e os ingressos incluem o transporte de ida e volta do centro da cidade ao parque, as bicicletas, luvas e capacetes. 

A pedalada começa na Trilha do Cotovelo, que conta com 6 quilômetros de ida e volta e uma bela vista do cânion, e na sequência os ciclistas seguem para a Trilha do Vértice, onde o percurso continua na parte superior por mais 2 quilômetros. 

O que fazer na Serra Gaúcha

Para quem ficou receoso com a aventura, saiba que não é necessário ser um ciclista profissional para embarcar na atividade. Na verdade, a equipe responsável por organizar os passeios tinha como objetivo ao abrir a Aparados da Serra Adventure proporcionar programas diferentes justamente para as pessoas que não têm como fugir de suas rotinas nas cidades grandes. 

Detalhes do passeio:

Datas: durante o ano todo.

Contatos: (54) 99984-5766 / aparadosdaserraadventure@gmail.com (falar com Josemar Contesini).

Valor individual: R$ 145,00

Incluso no pacote: transporte de ida e volta até o parque, bicicletas, luvas, capacetes, condutor de ecoturismo, seguro e água.

Chalés rústicos, Picada Café

Considerado um dos roteiros mais românticos do estado, as Wild Cabins são chalés com estilo rústico canadense localizados no Morro do Vento, em Picada Café. As cabanas são aconchegantes e oferecem algumas das melhores vistas da Região das Hortênsias bem como todo o conforto necessário, perfeitas para casais se hospedarem. 

As terras pertencem a Rafael Ruppenthal que construiu o primeiro chalé no local para passar mais tempo em contato com a natureza. Após assistir programas de televisão que mostravam a arquitetura canadense para o mesmo estilo de construção, Rafael teve a ideia de estabelecer mais cabanas e promove-las como pousadas para casais.

Os espaços são desenhados conforme arquitetura canadense e ajudam o município de Picada Café a crescer no setor do turismo, uma vez que poucas pessoas se hospedam na cidade. O ar de romance fica por conta das paisagens e da atmosfera criada pelos designs das cabanas. O contato com a natureza completa o cenário e os apaixonados também usufruem de um belo café da manhã. 

Detalhes da hospedagem: 

Quando: diariamente.

Reserve pelo Booking

Valor: diárias a partir de R$ 350,00

Algumas reservas podem ser feitas através dos sites Booking.com e Airbnb. 

Piqueniques sob parreirais, Bento Gonçalves

Chamado de Edredom nos Parreirais, o passeio na vinícola Cristofoli, em Farias Lemos – Bento Gonçalves, é um dos mais procurados do estado e com razão. Em meio às plantações de uva para a produção do vinho, os visitantes vão encontrar algumas tendas com almofadas e edredons posicionados em um deck confortável onde poderão aproveitar um delicioso piquenique. 

Os lanches para a degustação são escolhidos pelos visitantes quando chegam à vinícola e a experiência proporciona até música ambiente, para criar uma atmosfera única. O destaque da experiência é o aroma que provem das uvas na época da vindima.

Além disso, o passeio oferece certa exclusividade, já que apenas um grupo pode ser agendado por turno, sejam amigos, famílias ou casais, o que acaba garantindo privacidade àqueles que não gostam de visitas guiadas.  As únicas sugestões feitas pela vinícola são o uso de repelente, roupas confortáveis e óculos de sol, assim a experiência se torna melhor.

O cardápio da degustação inclui uma tábua com queijos, salames, bruschettas, frutas, uma garrafa de vinho ou espumante e outros alimentos produzidos na região. 

Detalhes do passeio:

Quando: de segunda a sábado às 13h ou às 15h30

Contato: (54) 3439-1190 / cristofoli@vinhoscristofoli.com.br (falar com Bruna Cristofoli)

Valor: a partir de R$ 185,00 por pessoa

A reserva deve ser feita antecipadamente, independente do número de pessoas que integra cada grupo, e o piquenique dura em torno de duas horas. 

Além de o que fazer na Serra Gaúcha, veja mais roteiros no RS

Se você achou estes destinos interessantes, a sugestão que fica é para visitar o site do Viva o RS e conhecer mais roteiros no estado. Não importa se você vai sozinho, com a família ou com o parceiro ou parceira, as experiências sempre serão inesquecíveis e divertidas. No site, você encontra os passeios divididos por região e por cidades, assim você pode escolher qual a melhor aventura para sua família ou amigos. 

 



Deixe seu Comentário

×Fechar