Parintins, o festival que todo mundo deve conhecer

63
0

Fui até o Amazonas conhecer o incrível Festival de Parintins.

Quem nunca ouviu falar no embate entre os bois bumbás Caprichoso e Garantido? Conhecer o festival sempre foi uma vontade, por isso, nem preciso dizer que amei, não é?

Opinião de alguém que nunca tinha ido para você: prepare o coração. É muito melhor do que você imagina.

A energia no Bumbódromo é contagiante e quando você menos perceber vai estar cantarolando as músicas.

Só para que você entenda: este ano o festival de Parintins comemora 50 anos. Acontece todo último fim de semana de junho.

O festival surgiu em 1965 criado por um grupo de amigos e com o tempo a festa foi crescendo e ficou conhecida mundialmente. No começo, o festival era apresentado em praças e quadras.

Mas em 1987 o governador Amazonino foi assistir a apresentação e ficou encantado. Prometeu então construir um espaço só para o festival. Nascia o Bumbódromo, um estádio em formato de boi.

Garantido 4

O mais bacana de Parintins é que a cidade é dividida ao meio. A parte Caprichosa é toda azul e a parte Garantida é toda vermelha.

E o interessante é que o Bumbódromo fica exatamente no meio da cidade, de uma forma que a arquibancada do Caprichoso fica na parte do bairro Caprichoso e, por consequência, a arquibancada Garantido na parte do bairro vermelho.

Garantido

A festa acontece na sexta, sábado e domingo. Cada boi tem duas horas e meia para se apresentar por dia. Com muita música, carros alegóricos, dançarinos, fantasias, efeitos…

É uma apresentação cênica acompanhada pela toada com mais de 400 ritmistas. Então imagina, né? É uma energia impressionante.

Caprichoso 4

O mais interessante é que dentro da festa há uma rivalidade mesmo entre Caprichoso e Garantido.

Como escolas de samba, há um sorteio para vem quem se apresenta primeiro. Garantido começou a festa com duas horas e meia de espetáculo.

Caprichoso

Quando chegou a hora do Caprichoso, 70% da arquibancada do Garantido foi embora. Dá para perceber isso em algumas fotos.

Outro símbolo de Parintins fala de publicidade. Já que grandes marcas como Bradesco e Coca Cola, que são vermelhas, optam por fazer publicidade em versão azul também.

É só em Parintins, de todo lugar do mundo, que você pode trazer para casa uma versão histórica de uma latinha de Coca Cola azul.

coca

Se você não tem oportunidade de ver o festival em junho, saiba que há ensaios abertos que acontecem em Manaus o ano todo. Assim você pode ter um gostinho da festa.

Caprichoso 3

Garantido 3

Caprichoso 2

Outra informação interessante é que enquanto um dos bois está se apresentando, a torcida do outro boi não pode se manifestar.

É uma questão bem séria e que influencia bastante na contagem dos pontos.

Enquanto o boi Garantido se apresentava, a arquibancada azul do Caprichoso, repleta de gente, estava silenciosa e ninguém ousava cantar ou festejar com o boi rival.

O preço dos ingressos para as três noites este ano variaram de R$620 para a arena a R$1050 para arquibancada central. Ou seja, bem salgado. Mas, se você tem oportunidade, não deixe de ir.

Este ano o vencedor foi o boi Caprichoso, ganhando o vigésimo primeiro título do boi. Contudo vale dizer que a disputa foi acirrada. O Boi Caprichoso teve 1254 pontos contra 1241 do Boi Garantido.

Quer uma dica de onde se hospedar?

Enquanto estive em Parintins, eu me hospedei no hotel Amazon River.

O Hotel fica localizado beira-rio, então alguns quartos possuem uma vista incrível. Além disso, há a possibilidade de se hospedar num barco.

O serviço é simples, mas aconchegante. E as comidinhas contam com ingredientes locais. Ótima oportunidade para provar as delícias da região.

Vale dizer que este é considerado o melhor hotel da cidade. Durante o festival, Parintins fica lotada de turistas, então vale se programar com antecedência e fazer a sua reserva.

Saiba mais nesse site

Contudo, vale contar uma curiosidade. Nos passeios que fiz pela cidade vi muitas casas com plaquinhas em suas portas que anunciavam o aluguel de quartos.

Pelo o que notei, é uma prática muito comum. Alguns turistas chegam lá sem ter onde ficar e se arranjam nestes quartinhos alugados. Se você é um turista que procura emoção, pode ser uma boa pedida.

Até porque os pacotes de hospedagem para três dias de festival podem chegar a 5 mil reais por pessoa. Isso sem contar os ingressos, né?

Denise Godinho, colaboradora do blog, viajou a convite da Amazonastur.

Siga nosso Instagram e veja antes as imagens das nossas viagens!

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui!



Deixe seu Comentário

×Fechar