Poperinge, museu do lúpulo e os cemitérios militares

72
0

Atualizado em 15/01/2015

No quarto dia do nosso roteiro, andamos pela manhã no centro da cidade de Poperinge e conhecemos o museu do lúpulo. Nada mais justo para uma cidade que é conhecida pela produção de lúpulo, dedicar um museu inteiro a ele. A visita é interessante, bem informativa e pode ser feita rapidamente.

TRAPPIST TOUR 2013

TRAPPIST TOUR 2013

TRAPPIST TOUR 2013

TRAPPIST TOUR 2013

Uma outra coisa para ver em Poperinge são alguns dos cemitérios militares da cidade. Poperinge foi importante nas duas grandes guerras. Na Primeira Guerra, estava localizada na linha de comunicação entre a base aliada e o campo de batalha e por isso recebia muitos feridos. Mais de 10 mil corpos foram enterrados em cemitérios da região. Não sou fã de visitar cemitérios, mas neste caso, é uma visita muito interessante para entender a história mundial recente.

rua de Poperinge

O quarto dia da viagem foi bem de turista, mas sem deixar as boas cervejas de lado. Afinal, esse era o objetivo da viagem.

Fomos em direção a Bruges, umas das cidades mais visitadas da Bélgica. Acompanhe!

Onde ficar em Poperinge?

Hotel de la Paix é a melhor opção de hospedagem, além de bem decorado, tem um ótimo café da manhã e fica “no canto” da praça principal, muito bem localizado.

Hotel de la Paix

Anote uma segunda opção caso ele esteja cheio, já é que pequeno. O Hotel Recour é um 4 estrelas que vai te atender super bem na região.

Entenda o roteiro para visitar as cervejarias trapistas na Bélgica. Leia os posts abaixo.

Quem foi e onde fomos? Entenda nossa viagem!

Primeiro dia, chegamos em Frankfurt e fomos beber e dormir em Dusseldorf.

Segundo dia, pela manhã visitamos e experimentamos as cervejas na Achel, abadia de “Saint-Benedictus”, em Hamont-Achel, Bélgica. 

Segundo dia a tarde, tomamos as oito cervejas produzidas pela La Trappe no restaurante do próprio monastério, na Holanda. 

Segundo dia a noite, chegamos na Antuérpia e fomos ao Kulminator, o melhor bar do mundo para tomar cervejas safradas.

Terceiro dia pela manhã, almoçamos no restaurante da Westmalle.

Terceiro dia a tarde, tomamos as desejadas Westvleteren no restaurante em frente ao monastério.

Quarto dia pela manhã, andamos pelo centro de Poperinge e conhecemos o museu do lúpulo.

Quarto dia a tarde, almoçamos na cervejaria De Halve Maan em Bruges.

Quinto dia, Bruxelas, chocolates, moules-frites e muitas cervejas no Delirium Café.

Sexto dia, um mergulho no mundo da Chimay, visitamos o monastério, a fábrica, almoçamos e dormimos no Auberge de Ponteaupré, que é a hospedaria oficial da Chimay.

No sétimo dia pela manhã, conhecemos o monastério mais bonito e imponente de todos, abadia Notre-Dame d`Orval, onde é produzida a saborosa Orval.

Sétimo dia a tarde e nossa última parada, conhecemos a Rochefort e jantamos na cidade.

Mais dicas para sua viagem!

Não viaje sem Seguro de Viagem! Faça o seu clicando aqui!

Reserve seu hotel pelo Booking, não há cobrança de taxa extra nas reservas. E,  na maioria dos casos, o cancelamento é grátis. Aproveite!

Siga nosso Instagram e veja antes as imagens das nossas viagens! 

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui



Deixe seu Comentário

×Fechar