Dicas para primeira viagem internacional. Parte 2

69
4

Atualizado em 28/03/2011

Continuando com as dicas para quem vai fazer a primeira viagem internacional. Para ver a parte 1 clique aqui.

Nunca coloque dinheiro, jóias ou objetos de valor na mala que vai despachar. Nunca tive uma mala extraviada, mas muitos conhecidos já tiveram. Além disto, a mala é literalmente jogada em muitas esteiras, então pode até abrir.

Leve um casaco ou blusa para o avião, que geralmente é frio

Leve alguns remédios básicos – dor de cabeça, enjoo. Se forem de uso contínuo ou grande quantidade é bom levar  a receita médica. Cuidado com as regras para líquidos na bagagem de mão.

Anote os números dos documentos, cartão de crédito, telefones, etc e guarde em lugar seguro, sem despachar. Também é importante deixar alguém no Brasil avisado sobre seus voos, hotéis e datas.

Não se esqueça dos seus livros ou outras coisas para distrair… o tempo de espera nos aeroportos costuma ser grande. Eu sempre chego antes para não correr o risco de pegar trânsito, ficar atrasado na fila no check in, na imigração, etc…

Sempre mantenho dinheiro e documentos comigo, usando uma pochete especial para viagens por dentro da roupa ou na mochila.

Se você ainda não tem programa de milhagens, não perca a oportunidade de já se cadastrar no primeiro voo. Assim, já sai contando as milhas!

Se for viajar para longe, prefira os voos noturnos. Apesar da programação de filmes do avião, é difícil não se entediar depois de 10-12 horas de voo. Se for sua primeira viagem e você não está  muito confiante no seu inglês, prefira voos com companhias nacionais. Além disto, movimente-se de vez em quando para estimular a circulação.

Caso tenha algum problema grave de saúde, informe a tripulação do avião.

Veja nosso próximo post, a parte 3.



4 comments

  1. Lucas 24 março, 2012 at 21:59 Responder

    Olá pessoal, próxima semana vai fazer 15 dias que cheguei da Europa e quero deixar minhas dicas para vcs. Foi minha primeira viagem e eu tava com toda documentação em dias, com saldo suficiente, desacompanhado e passei pela imigração em Lisboa. Assim como muitos de vcs eu tbm procurei muita informação, principalmente sobre a imigração e foi tudo suuuper tão tranquilo, Deus estava no comando de tudo. A oficial da imigração de Lisboa perguntou-me somente qnt tempo ficaria na Europa e se estava a passeio ou a trabalho, logo após fui liberado. Tive um tempo de conexão curta, (1:20) e foi suficiente. Não é necessário medo. As pessoas falam muitas coisas e nem é tudo isso. A única dica que deixo de verdade aqui é que se mantenham calmos durante a imigração, pois vi um rapaz que chegou no mesmo voo que eu ser barrado. E vão vestidos minimamente adequados à situação, nada de roupas de cores e tipos espalhafatosos. E seriedade, afinal de contas você estará diante de um representante com autoridade policial de lhe permitir entrar ou lhe barrar ali mesmo. Reiterando: CALMA, TRANQUILIDADE E BOM SENSO! Boa Viagem para todos vocês! A minha próxima viagem já está quaaase marcada e dessa vez terei de tirar visto p os EUA(outro grande problema) se tiverem dicas…deixem aí! Abraços

Deixe seu Comentário

×Fechar