Puerto Vallarta, um México que os brasileiros ainda não descobriram

613
0

Atualizado em 17/09/2015

Hoje eu vou te contar de uma viagem a um México diferente. Se você pensou nos milhares de turistas, hotéis gigantescos e no mar caribenho de Cancun, errou.

Estou falando do outro lado do país, onde há uma costa banhada por um impressionante e quente Pacífico. Descubra Puerto Vallarta e Riviera Nayarit.

Começo por Puerto Vallarta que era uma simples vila até que o filme “A Noite do Iguana” ser filmado lá em 1963. Não, o filme não é um clássico imperdível, mas na época trouxe a superstar Elizabeth Taylor para região.

Liz Taylor tinha um caso com Richard Burton, outro super ator da época, e largou o marido para acompanhar as fimagens de Burton em Puerto Vallarta.

A presença de Liz atraiu a atenção da imprensa, que além de noticiar o caso amoroso, ajudou a divulgar a região, que nunca mais foi a mesma.

Vallarta, que não tinha nem luz na época, virou um destino querido por celebridades e turistas do mundo todo e se desenvolveu rapidamente.

Hoje tem hotéis, resorts e restaurantes de primeira linha que recebem muito bem os turistas que vem em busca de descanso e de suas belezas naturais.

Começo a te indicar o que fazer em Puerto Vallarta pelo coração da cidade, o Malecón, que é um extenso calçadão com a praia de um lado e inúmeras lojas e bares do outro, bem no centro histórico.

Não deixe de conferir o caprichoso artesanato feito com miçangas minúsculas e super coloridas, bem diferente do encontrado em outras regiões que conheço no México.

Artesanato

Fotografe as esculturas!

Veja três delas que me chamaram muito a atenção.

Essa é a Los Milenios de Mathis Lídice.

Los Milenios de Mathis Lídice

Essa é a Erisa-Dos de Maritza Vasquez

Escultura Puerto Vallarta

E essa é o Caballito de Mar de Rafael Zamarripa

Caballito Malecon

Existem mais atrações que merecem sua atenção.

Ainda no Malecón, vale a pena acompanhar é o ritual dos Voladores de Papantla.

Quatro homens voam amarrados pelas pernas e pés rodando desde o mastro com mais de vinte metros de altura até o chão. Ao som de uma flauta e batitas de tambor, os quatro voadores saúdam o deus sol, a deusa da chuva, a fertilidade e a primavera. (veja no vídeo acima)

Esse ritual é considerado o mais antigo do México e era praticado antes da chegada dos espanhóis.

Aproveite a caminhada pelo calçadão para conhecer a catedral de Nuestra Señora de Guadalupe. Repare na bela coroa colocada na ponta da torre da igreja.

Catedral

Na parte sul do calçadão está a Zona Romântica e lá um píer com o Muelle de Los Mortos, uma escultura de metal imensa que lembra uma vela de barco. Passe alguns minutos contemplando a paisagem e a escultura em um dos bancos do píer.

Muelle de Los Mortos

Depois de conhecer a parte histórica e romântica de Puerto Vallarta, vá curtir o que a região tem de melhor: as praias do pacífico com água quente e muitas atrações.

Playa Caballo Hotelito Mio

Vou direto te contar o que eu mais gostei de fazer na praia, o Flyboard. Sabe o que é isso? Veja como voar em uma prancha sob o mar e onde curtir a praia com uma ótima estrutura em Vallarta. Aguarde o próximo post!

Nos próximos dias você vai acompanhar muito mais dicas de Puerto Vallarta e Riviera Nayarit aqui no blog. Acompanhe e inscreva-se para receber nossos emails.

Veja onde comer em Puerto Vallarta, clique aqui. 

Onde ficar em Puerto Vallarta, conheça o Casa Velas.

Siga nosso Instagram e veja antes as imagens das nossas viagens!

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui!

Não perca nosso Snapchat e Periscope – @ajanelalaranja

Marcio viajou a convite dos Escritórios de Visitantes e Convenções de Puerto Vallarta e da Riviera Nayarit

Apoio: GTA – Global Travel Assistance Seguro Viagem



Deixe seu Comentário

×Fechar