Roteiro das cervejarias trapistas, primeiro dia e índice.

84
0

Atualizado em 01/06/2017

O primeiro dia do nosso roteiro das cervejarias trapistas foi assim! Chegamos direto de São Paulo. Alugamos um carro e o Bill sentou o pé no Mercedão por 250 quilômetros nas ótimas estradas alemãs. As estradas são demais com muitos trechos sem limite de velocidade. Dá para dirigir com segurança a 200km/hora!

Paramos em Dusseldorf, ainda na Alemanha, no começo da noite e aproveitamos para comer muito bem. Fomos a uma cervejaria que é um restaurante. Anote essa dica!

Carro

Nosso aquecimento antes de entrar de cabeça no mundo das cervejas trapistas foi na Uerige que produz uma cerveja do tipo Alt de ótima qualidade e tem pratos tradicionais. Deitamos e rolamos na comida alemã enquanto degustamos a cerveja.

Uerige Dusseldorf 6

Uerige Dusseldorf 7

Uerige Dusseldorf 4

Uerige Dusseldorf 3

Uerige Dusseldorf 2

Uerige Dusseldorf 1

Se quiser aproveitar para conhecer Dusseldorf um pouco melhor, anote algumas dicas.

A cidade é organizada e tudo funciona. Passe na rua Konigsalle com lojas das marcas mais famosas do mundo. Aproveite e compre presente para o pessoal que ficou no Brasil!

Depois vá para a parte mais antiga da cidade andar no calçadão. É bem fotogênica e você pode aproveitar para comer e beber em um restaurante entre os vários com mesas para fora.

Se tiver tempo, vá ver a cidade de cima dos 234 metros da torre Rheinturm, um de seus cartões postais.

Para se hospedar em Dusseldorf te sugiro 2 opções:

Para ficar muito bem opte pelo InterContinental Dusseldorfo cinco estrelas é super confortável e conta com  localização privilegiada próximo à lojas e dos melhores restaurantes da cidade. O café da manhã é completo com várias opções. O wifi é grátis e rápido.

Nós ficamos no ibis Dusseldorf City que é bem localizado e dá para fazer tudo a pé. O quarto é apertado e o resto do padrão ibis mesmo.

Priorize os finais de semana para conseguir bons descontos nos hotéis que atendem os executivos durante a semana.

Para entender a viagem e o roteiro para visitar as cervejarias trapistas na Bélgica e Holanda, leia todos os posts!

Quem foi e onde fomos? Entenda nossa viagem!

Primeiro dia, chegamos em Frankfurt e fomos beber e dormir em Dusseldorf.

Segundo dia, pela manhã visitamos e experimentamos as cervejas na Achel, abadia de “Saint-Benedictus”, em Hamont-Achel, Bélgica. 

Segundo dia a tarde, tomamos as oito cervejas produzidas pela La Trappe no restaurante do próprio monastério. 

Segundo dia a noite, chegamos na Antuérpia e fomos ao Kulminator, o melhor bar do mundo para tomar cervejas safradas.

Terceiro dia pela manhã, almoçamos no restaurante da Westmalle.

Terceiro dia a tarde, tomamos as desejadas Westvleteren no restaurante em frente ao monastério.

No quarto dia pela manhã andamos pelo centro de Poperinge, conhecemos o museu do lúpulo e passamos por cemitérios militares.

Quinto dia Bruges, Onde almoçar em Bruges? Vá na cervejaria De Halve Maan

Não viaje sem Seguro de Viagem! Faça o seu clicando aqui!

Reserve seu hotel pelo Booking, não há cobrança de taxa extra nas reservas. E,  na maioria dos casos, o cancelamento é grátis. Aproveite!

Siga nosso Instagram e veja antes as imagens das nossas viagens! 

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui



Deixe seu Comentário

×Fechar