São Paulo mal-assombrado. Conheça 10 lugares horripilantes!

Você que curte um turismo diferente e adora se aventurar em conhecer lugares considerados mal-assombrados vai adorar este post.

São Paulo abriga muitas histórias curiosas e horripilantes e conta com lugares que carregam a estigma de serem visitados por seres sobrenaturais.

Se você for bem corajoso e quiser encarar, olha só esta lista:

Castelinho da Rua Apa

Este castelinho é muito conhecido em São Paulo por ser um castelo abandonado em meio a tumultuada cidade.

Porém, poucos sabem que em 1937 o lugar foi palco de um assassinato misterioso.

Um homem matou a mãe e o irmão e depois se matou com dois tiros na cabeça – fato inusitado em casos de suicídio.

O que fez a polícia pensar que havia outra pessoa envolvida do crime, porém nada foi descoberto.

Há quem jura que vê os integrantes mortos da família perambularem por lá até hoje.

Onde fica? Na Rua Apa, 236.

Castelinho

Edifício Martinelli

Um dos edifícios mais famosos de São Paulo também abriga uma história curiosa.

O prédio foi palco de dois crimes brutais. Um em 1947 quando um menino foi estrangulado e jogado no poço do elevador. E outro em 1960 quando cinco bandidos estupraram e mataram uma garota no prédio.

Até hoje pessoas que trabalham lá juram ver os espíritos perambulando ou portas e gavetas se abrindo sozinhas.

Onde fica? Rua São Bento, 397.

Viaduto do Chá

Passar ali a noite pode ser uma boa oportunidade de se deparar com alguma alma penada.

Isto porque o Viaduto do Chá quando foi construído no início do século 20 ficou conhecido como Viaduto do Suicídio.

Muitas pessoas aproveitaram o novo viaduto para encerrarem suas vidas.

Além disso, o lugar está do ladinho do Theatro Municipal que, como já dissemos, também tem os seus fantasmas.

Onde fica? Na saída do metrô Anhangabaú.

Casa da Dona Yayá

Esta casa é um ponto turístico em São Paulo graças a arquitetura. Porém a história é um pouco mais sinistra.

Yayá foi diagnosticada com distúrbios mentais logo depois que seus pais morreram e seu irmão se suicidou. Com apenas vinte e poucos anos ela foi aconselhada a ficar reclusa.

Como era de família nobre e não seria de bom tom se internar num hospital, a família a trancou neste casarão. Assim ela ficou, sem colocar os pés na rua, durante 40 anos.

Quem visita a casa jura que é possível ver Yayá perambulando por ali.

Onde fica? Rua Major Diogo, 353.

Dona yaya pb

Edifício Joelma

O prédio foi palco de um terrível incêndio em 1982 que matou mais de duzentas pessoas.

E com toda esta energia negativa no local, o prédio ficou conhecido por ser mal-assombrado.

Os proprietários até tentaram mudar o nome o rebatizando de Edifício Praça da Bandeira, mas a fama pegou mesmo e desde o incêndio o prédio vive com seus apartamentos vazios.

Onde fica? Praça da Bandeira, 184.

joelma

Obelisco do Ibirapuera

O Obelisco é um mausoléu que abriga os corpos de Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo (conhecidos como M.M.D. C.), mortos na revolução de 1932.

Além deles, há mais de 700 combatentes na revolução enterrados ali.

Conta-se que é possível ouvir gritos ao passar por ali.

Onde fica? No Parque do Ibirapuera. 

Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo

Esta foi a primeira faculdade pública de São Paulo. Por ali passaram nomes como Castro Alves, Álvares de Azevedo e outros.

Os alunos que estudam lá hoje em dia contam que na biblioteca há um espírito que vive resmungando e derrubando livros das estantes.

Onde fica? No Largo São Francisco, no centro.

Cemitério da Consolação

O cemitério reúne fantasmas famosos.

Conta-se que por ali vagam espíritos da Marquesa de Santos, Monteiro Lobato e Tarsila do Amaral.

Todos enterrados por ali.

Onde fica? Na Rua da Consolação, 1660.

Capela dos Aflitos

Esta capela foi construída no primeiro cemitério da cidade.

Neste cemitério eram enterrados indigentes, escravos e doentes e até hoje a capela parece abrigar alguma destas almas penadas.

Tem gente que jura ouvir gritos ou barulhos estranhos por lá.

Onde fica? Na rua dos Aflitos, 70. Bem pertinho do Metrô Liberdade.

Theatro Municipal de São Paulo

Conta-se que de madrugada, com o teatro todo fechado, dá para ouvir o piano tocar sozinho.

Algumas pessoas que trabalharam lá juram que ouviram movimentos no palco e no camarim quando o teatro estava vazio.

Onde fica? Na Praça Ramos de Azevedo, no centro. Pertinho do Viaduto do Chá.

Vem para São Paulo? Veja nossas dicas de onde ficar!

Veja essas opções de hotel para quem vai curtir a cidade!

Opção de Hostel para pagar pouco Aquarela SP Hostel, muito bem localizado perto da estação Vila Mariana.

Hotel com bom custo x benefício H3 Hotel Paulista e o Matsubara Hotel e para ficar muito bem acomodado reserve o Hilton, o Renaissance ou  o Hotel Unique

Agora essas dicas é para quem prefere ficar mais perto de Pinheiros e Vila Madalena.

Opção de Hostel para pagar pouco Vila Madalena Hostel, tem fácil acesso para avenida Paulista e dá para ir a pé para ótimos bares de São Paulo.

Quem busca por um hotel razoável com bom custo x benefício pode escolher entre o Hotel Lugus perto da Praça da República, bom para quem vai aproveitar para conhecer o centro da cidade.

Siga nosso Instagram e veja antes as imagens das nossas viagens!

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui!

Não perca nosso Snapchat e Periscope – @ajanelalaranja

As imagens do post são do google street view e de divulgação.



Deixe seu Comentário

×Fechar