Serra do Rio do Rastro

A Serra do Rio do Rastro foi a atração reservada para o fim do segundo dia de viagem. Passamos pela serra seguindo em direção a Torres. Ela fica entre Lauro Muller e São Joaquim e liga a serra ao litoral de Santa Catarina. A Serra merece esse post só para ela. Super sinuosa, de curvas estreitas e fechadas, são 12 quilômetros cravados em rocha natural. Se um dia for conhecer a SC 438, repare nas ranhuras de segurança no asfalto. Elas são feitas para evitar o acúmulo de água quando chove.

Nós descemos a Serra do Rio do Rastro, mas antes curtimos a belíssima vista no mirante da serra que fica a 1460 metros de altitude. Além de curtir e fotografar a vista lá de cima, dá para se esquentar tomando um chocolate quente no café Mensageiro da Montanha. Um café bem charmoso, com wi-fi p/ avisar todo mundo onde você está. O pessoal que trabalha lá é super atencioso e dá para pedir muitas dicas da região para eles.

A iluminação da serra é feita com  lâmpadas de vapor de sódio e a energia é gerada pela usina de energia eólica localizada em Bom Jardim da Serra.

Veja que coisa linda a estrada iluminada nas imagens!

ILUMINACAO DA SERRA DO RIO DO RASTRO

Iluminação da Serra do Rio do Rastro

Rangers descem a Serra do Rio do Rastro

Rangers descem a Serra do Rio do Rastro

Para ver o post do primeiro dia de São Paulo a Florianópolis, clique aqui!

Para ver o post do Barreado em Morretes no primeiro dia de viagem, clique aqui!

Para ver o post do Almoço em Urubici, clique aqui!

Para ver o post da Serra do Corvo Branco, clique aqui!

Para ver o post do Morro da Igreja e da Pedra Furada. clique aqui!

Para ver o port da Travessia de Guaratuba, clique aqui!



4 comments

  1. Walter F Leite 3 agosto, 2011 at 10:23 Responder

    Linda. Já passei ai. Não tinha essa iluminação. Fiquei com vontade de ir novamente na região.Desci a serra com chuva (fina)e pude comprovar as águas escapando nas ranhuras, é perfeito.

Deixe seu Comentário

×Fechar