Transamérica Comandatuba com os filhos

97
0

É sempre muito bom voltar ao Transamérica Comandatuba! Passamos uma semana por lá e as Laranjinhas, Vitória de 6 anos e Giovana de 3 anos, aproveitaram muito! E nós também, claro!

Chegamos no final da tarde de sábado no voo fretado que saiu de Congonhas e pousou em Comandatuba. Depois pegamos um ônibus e uma balsa que faz um trajeto curtíssimo até o hotel. Aliás, esta comodidade é um dos pontos altos do hotel. Todo este trajeto pode ser incluído no pacote no momento da reserva e é super cômodo. Saindo de Congonhas, há um guichê exclusivo para check in, o que evita as filas mais longas, e chegando em Comandatuba ou Una, todo o transfer terrestre já está organizado. As malas vão direto para o hotel. No retorno, o check in é feito dentro do hotel e os cartões de embarque já estão preenchidos com os números dos apartamentos. É só pegar os cartões de embarque e identificar as malas que já estão todas organizadas para serem levadas ao aeroporto. Tudo super organizado e confortável.

Aliás, mais um ponto favorável para a comodidade é o check in no hotel. Quando chegamos, os papéis já estavam preenchidos, as chaves cadastradas e os cartões de consumo com os nomes impressos. O quarto já estava arrumado com as camas das meninas. Super rápido.

Como chegamos no final da tarde, aproveitamos o restinho do dia para andar pelos coqueirais, jantar e conhecer os monitores da equipe de recreação.

Os quartos e bangalôs do Transamérica Comandatuba são bem confortáveis, mas acho as áreas externas imbatíveis. Os coqueirais, a praia, o gramado, as redes, as piscinas, sempre te convidam a passar um bom tempo fora do quarto.

Suite camas

Suite espelho

Para você ter uma ideia do tamanho do resort, são 62 mil m2 de resort e 21 km de praia, em uma ilha com oito milhões de metros quadrados e 25 mil pés de coqueiros.

Coqueiro

Rede coqueiro

Há uma estrutura central, com o lobby, restaurantes, loja e acesso para a piscina e alas de quartos. As demais acomodações são em bangalôs, chalés de praia que ficam de 100 a 500 metros do bloco central do hotel, entre o coqueiral, praças e jardins. Para se locomover, há “trenzinhos” que circulam pelo hotel constantemente.

Bom, era hora de começar a desacelerar do ritmo de São Paulo e curtir a deliciosa Bahia!

Vou te contar o que achamos! Como ficamos uma semana por lá, organizei as informações pelos itens que acho mais importantes em uma estadia!

Para se divertir

Recreação, monitores e “clubinho”– a equipe de recreação e a programação garantem atividades o dia todo para a criançada. Os grupos de crianças são divididos por idades e variam conforme a ocupação do hotel. Quando está bem cheio, os grupos são de 4 a 6 anos, de 7 a 9, de 10 a 12 e de 13 a 18. Na semana de julho que estivemos por lá, a divisão foi de 4 a 7 e de 8 a 12 anos. Com estes dois grupos, o número de monitores por criança era bom. Os monitores são simpáticos e inventam brincadeiras para entreter a criançada. O difícil é ter atividades tão boas quanto as piscinas e a praia! As meninas acabavam indo brincar após o almoço, quando o sol estava mais quente, e a noite, após o jantar.

A maior parte das atividades acontece na “Casa das crianças”, o “clubinho” do Transamérica de Comandatuba. A Casa das crianças fica um pouco mais afastada da estrutura principal e é preciso pegar o “trenzinho”, o que vira uma grande bagunça quando os monitores estão junto.

Na Casa das Crianças, há uma sala grande para brincadeira, com piscina de bolinhas, uma sala para jogos, como tênis de mesa, pebolim e bilhar, uma estrutura para aulas de circo e uma piscina. Além disto, as quadras são bem próximas.

As atividades que achamos mais interessantes e diferentes, foram as aulas de circo, o plantio de árvore e a visita ao mangue com o acompanhamento de um biólogo, o teatro infantil, o mini kart e as brincadeiras noturnas, geralmente de “caça ao tesouro”.

jet sky por do sol

Para adultos também – O resort tem muitas opções de lazer, cerca de 80 para adultos e crianças. Há campo de golfe profissional, quadras de tênis, campo de futebol, esportes náuticos, arco e flecha, show de capoeira, slackline, academia com instrutor, trapézio para adultos, cinema, discoteca, aluguel de bicicletas e de mini buggy. Aliás, um passeio muito gostoso foi alugar aquelas bicicletas familiares, comigo e Vitória pedalando e a Giovana sentada no banco da frente, só curtindo uma brisa da Bahia!

Se você estiver cansado do hotel (o que acho difícil!), há ainda passeios que vão de uma volta de uma hora de quadriciclo até day tours de 8 horas para conhecer Ilhéus.

SUP

Piscinas – As piscinas são uma atração a parte. A principal, serpenteia em meio a um jardim muito bem cuidado, com vários espaços rasos com sombra de coqueiro, ideal para crianças menores. O cenário é lindo. A outra piscina, mais sossegada, é dividida em duas partes: a semi olímpica, com cachoeira e uma parte rasa para as crianças com um bom toboágua, que foi sucesso absoluto com a Vitória e a Giovana (que tinha que descer acompanhada.

Piscina coqueiro

Gi piscina

Capoeira

Praia – A praia tem areia firme e mar forte em julho. Achei ideal para aquela corrida matinal, com um cenário deserto e lindo. As meninas brincaram um pouco na areia, mas se divertiram mesmo nas piscinas.

Praia

SPA – um belo SPA é outra opção para relaxar no Transamérica de Comandatuba. Há vários tipos de tratamento, pagos à parte, desde banhos até diferentes tipos de massagem. Uma piscina, com jacuzzis, completa a experiência e o visual do SPA. Uma novidade de agora é o SPA Kids. Os “tratamentos” para crianças, como a massagem no rosto e corpo, “manicure” e “pedicure” já existiam, mas agora já uma sala toda decorada para as crianças.

SPA piscina

massagem pe gi

Para matar a fome

Restaurante Infantil – Beiju – As meninas chegaram com fome, então fomos direto jantar no restaurante infantil Beiju que abre às 18 horas no jantar e às 11 horas para almoço, uma hora mais cedo que o restaurante principal. A comida no restaurante infantil é gostosa, com itens fixos como saladas, um tipo de sopa, arroz, feijão, macarrão e batata frita e carnes que variam diariamente, como peixe, estrogonofe, file mignon… Fica bem próximo do restaurante principal e é lá que as crianças podem comer com os monitores em horários definidos na programação diária. O restaurante infantil é uma boa opção, principalmente por causa do horário.

O lanche da tarde para as crianças é servido na Casa das Crianças, sempre com iogurtes, sucos frescos, uma opção de doce ou salgado.

Restaurante principal – Giardino – Neste restaurante são servidos o café da manhã e demais refeições no estilo buffet. A comida é de excelente qualidade, com diversas opções. Destaque, claro, para os deliciosos peixes frescos, como o badejo, pescado lá por perto e preparado na grelha na hora. Imbatível. Há jantares temáticos, mas sempre há opções mais tradicionais, como as massas. Outro destaque são os doces deliciosos. Uma das delícias do hotel, é tomar um tranquilo café da manhã em uma das mesas da varanda, com a linda vista dos coqueirais e piscina.

Há ainda o restaurante da praia, com serviço a la carte, que inclui grelhados, frutos do mar e pizza, e o bar da praia.

Feijoada

Peixe

A infra que facilita a vida

Quem viaja com crianças precisa estar atento a alguns detalhes que nem notávamos antes! Acho muito bom quando os hotéis se preocupam com isto e facilitam nossa vida!

Copa do Bebê – no Transamérica Comandatuba, há a Cozinha do bebê, um espaço grande, com utensílios para lavar e esterilizar mamadeiras, fogão, microondas e alguns alimentos, como: leite em pó, leites desnatado e integral, farinha láctea, achocolatado, água mineral e frutas. Outros pedidos podem ser feitos também. O único ponto que acho que pode ser melhorado é o fato de fechar às 23hs. Desta vez, não precisamos utilizar a Copinha após este horário, mas já fiz isto muitas vezes, para pegar o leite que havia esquecido ou lavar as mamadeiras! Uma coisa bacana, é que bem ao lado da Cozinha do bebê, há um espaço para as crianças menores brincarem, com piscina de bolinhas, escorregadores, mesa para desenho e televisão com desenhos animados.

Quarto – uma boa infra no quarto para quem viaja com crianças inclui berços limpos, protetores de cama e banheira. No Transamérica Comandatuba, quando chegamos, precisamos apenas pedir os protetores de cama, que chegaram muito rapidamente. Isto facilita muito para as crianças que já saíram do berço e evita que “desmontemos” o quarto para colocar algo que impeça que a Vitória e Giovana não caiam da cama!

Carrinho – o hotel é bastante grande e é possível alugar o carrinho de bebê por R$ 30,00 por todo o período de hospedagem. Vi alguns hóspedes usando e reparei que os carrinhos tem um protetor descartável.

Babá – há serviço terceirizado de babás, com custo adicional. Pelo que ouvimos, algumas babás trabalham há bastante tempo com o hotel e algumas famílias contratam a mesma babá quando retornam.

Posto Médico – há uma enfermaria que funciona 24 horas para consultas e atendimento de primeiros socorros. Este serviço é terceirizado e tem custo adiciona, com duas opções: optar, no momento do check in, por uma taxa diária que garante o atendimento ou pagar por consulta (R$ 200,00).

Coqueiro por do sol

Siga nosso Instagram e veja antes as imagens das nossas viagens!

E siga também o Instagram das @AsLaranjinhas

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui!

A família da A Janela Laranja viajou a convite do Transamérica.

Veja todos os Resorts que já visitamos e escolha o seu!

No NORDESTE!

Beach Park Suítes (Aquiraz – CE)

Carmel Charme (Aquiraz – CE)

Salinas do Maragogi (Maragogi – AL)

Salinas de Maceió (Maceió – AL)

Fashion Weekend Kis Transamérica de Comandatuba (Ilha de Comandatuba – BA)

Vila Galé Marés  (Praia do Forte – BA)

Tivoli Ecoresort (Praia do Forte – BA)

Club Med Itaparica (Ilha de Itaparica – BA)

Costa do Sauípe (Costa do Sauípe – BA)

Grand Palladium (Imbassaí – BA)

Iberostar (Praia do Forte – BA)

Summerville (Porto de Galinhas – PE)

Club Med Trancoso – (Trancoso – BA)

No SUDESTE

Casa Grande Hotel  (Guarujá)

Quality Resort (Itupeva)

Grande Hotel São Pedro (Águas de São Pedro)

Vale Suíço (Itapeva)

Royal Palm Plaza (Campinas)

Guararema Park Resort  (Guararema)

Oscar Inn Eco Resort (Águas de Lindóia – SP)

Mavsa Resort (Cesário Lange – SP)

San Raphael (Itú – SP)

Paradise Resort ( Mogi das Cruzes – SP)

Sofitel Jequitimar (Guarujá – SP)

Canto da Floresta (Amparo – SP)

Meliá (Angra dos Reis – RJ)

Portobello Resort (Mangaratiba – RJ)

Bourbon (Atibaia – SP)

Club Med Rio das Pedras (Mangaratiba – RJ)

No SUL

Infinity Blue Resort (Balneário Camboriú – SC)

Mabú Resort (Foz do Iguaçu – PR)

Costão do Santinho Resort (Florianópolis – SC)

Il Campanário Villaggio Resort (Florianópolis – SC)

FORA DO BRASIL

Sonesta Ocean Point somente para adultos (St Maarten – Caribe)

Secrets somente para adultos (Montego Bay – Jamaica)

Valle Nevado (Chile)

Ski Portillo (Chile)

Marriott Orlando World Center (Orlando – Florida – Estados Unidos)

Reunion Resort Kissimme (Orlando – Florida – Estados Unidos)

Disney`s Art of Animation  (Orlando – Florida – Estados Unidos)

Club Med Punta Cana (Punta Cana – República Dominicana)

Dicas para viajar no sistema All Inclusive (Tudo Incluído)



Deixe seu Comentário

×Fechar