Turismo consciente: conheça a rede GreenPress

238
0

Você já ouviu falar em turismo consciente? Esta é a idéia do projeto chamado rede GreenPress, que tem o objetivo de mudar os rumos das ações turísticas para um caminho mais sustentável e benéfico.

Bacana né? E o mais legal de tudo é que esse instituição sem fins lucrativos que tem divulgado iniciativas exemplares de viagens mais conscientes. Por isso, chega mais para conferir esta turma  que está espalhando aitudes positivas para construir um mundo melhor.

turismo consciente

O turismo consciente do GreenPress

Em primeiro lugar, antes de entender as particularidades do turismo consciente, vamos conferir o que é a GreenPress. Este projeto nasceu de ideias de jornalistas e formadores de opinião, em prol de buscar iniciativas de preservação e sustentabilidade em meio a prática turística.

Assim sendo, o mais bacana é que, para proteger o ambiente e melhorar a vida de todos, seus responsáveis desenvolvem diversas ações interessantes, como por exemplo:

  • A divulgação de uma série de dicas que protejam o meio-ambiente em qualquer local que os turistas forem passear;
  • O apoio a vários hotéis e pousadas independentes, que promovam ações sustentáveis por meio de seu trabalho;
  • Uma série de roteiros personalizados para diversos destinos, visando principalmente os locais e modelos turísticos focados em ações conscientes.

Ao entrar no site do GreenPress, você já pode conferir algumas das principais informações sobre essa ação e entender melhor suas propostas. Nós do A Janela Laranja participamos e apoiamos totalmente essa iniciativa, e com muito orgulho temos feito parte dela.

A importância do turismo sustentável e consciente

Estes conceitos de turismo sustentável e turismo consciente tem tido uma importância cada vez maior. O que rola é que vários locais ao redor do mundo necessitam de ações que tragam um impacto positivo, sobretudo por quem vem de fora.

turismo consciente

Assim sendo, a partir dessa lógica quem curtiu a ideia do turismo consciente e de promover a sustentabilidade, pode adotar várias ações para isto, como por exemplo:

  • Transformar suas viagens em uma oportunidade para trazer algo de positivo ao local que estiver visitando. Como? Informe-se sobre algum tipo de ação ou programa que você pode fazer parte enquanto turista;
  • Estar consciente sobre certos problemas que envolvem a prática turística, como o excesso de turistas em determinado local. Isto acaba prejudicando o meio-ambiente e a vida das pessoas que moram lá. Assim, que tal fazer sua parte e escolher destinos menos visitados para ir? Os benefícios são muitos;
  • Se for para um destino bastante visitado, escolha épocas do ano com menos circulação de pessoas. Além disto, é super bacana se informar do panorama político, social e cultural de onde você estiver visitando.

É claro que para muita gente a ideia de passear e turistar acaba mais ligada a diversão e menos a ter responsabilidades. Ok, nada mais justo, mas olha só… Na medida em que viajamos para outros lugares, nossa visão e percepção de mundo muda.

Isto é ótimo porque torna a gente mais aberto, menos preconceituoso e mais solidário. Então por que não aproveitar a oportunidade e utilizar isto de forma positiva em suas viagens? Estas são as bases do turismo consciente e responsável.

Turismo consciente, tornando-se um cidadão global

Aos poucos, a vida e a rotina das pessoas ao redor do mundo começam a se normalizar apesar dos efeitos do coronavírus ainda serem sentidos. É claro que, para muitos, o planejamento para viajar e turistar por aí acaba voltando em pauta. Isto é ótimo e necessário, tanto para quem quer conhecer novos lugares quanto para esses pontos, cuja visitação gera importantes receitas.

Por outro lado, a velha questão de como pessoas de fora podem impactar negativamente o local que visitam. Isso é, inclusive, responsável em parte por alguns preconceitos que certos países tem com relação a turistas de fora. E como resolver este problema? Algo que pode ajudar é se tornar um cidadão global.

Este é um conceito que se aplica a qualquer pessoa que se identifica não só como membro de uma determinada nação, como com toda a humanidade. E o que faz dela especial? Olha só:

  • Um cidadão global é, naturalmente um agente do turismo consciente. Isto porque ele está sempre informado sobre o que pode fazer para tornar o mundo e o destino turístico que irá visitar um lugar melhor;
  • Trata-se de pessoas que estão conscientes de problemas como o aquecimento global, a miséria e a fome. Isto faz com que adotem posturas diferentes para evitar desperdícios, preservar o meio-ambiente e tentar ajudar de alguma forma;
  • Aqui também entram questões de respeito a cultura, crenças e modos de vida. Além disso, conhecimento histórico e geográfico sobre o mundo e proatividade.

É claro que cada lugar do mundo é diferente. Existem muitos locais que dão uma importância fundamental para os turistas. Já outros, não os veem com bons olhos. Seja como for, se tornar um cidadão global ajuda a contornar estas questões e praticar o turismo consciente.

Uma visão importante focada no futuro

A GreenPress nasceu de diferentes opiniões e visões do mundo. Mas com uma preocupação em comum: como tornar o turismo um meio para fazer com que o planeta seja um lugar melhor. É claro que o turismo consciente e sustentável, além de ser um cidadão global é apenas parte da resposta.

turismo consciente

A verdade é que o mundo está no meio de várias mudanças importantes, políticas, históricas e sociais. Assim sendo, tudo isto acaba impactando diretamente no turismo. Por isto, essa iniciativa também tem uma visão sobre o que espera para o futuro:

  • A GreenPress espera inspirar todas as pessoas que forem viajar no futuro e queiram deixar pegadas sustentáveis por onde andarem;
  • Tanto no Brasil quanto no mundo, a ideia é que o projeto traga informações relevantes para que cada um faça sua parte na hora de viajar;
  • Em seu portal e junto aos seus parceiros, você encontrará uma rede completa de dicas. Elas contemplam as ações concretas para tornar o mundo um lugar melhor com o turismo;
  • O principal objetivo destas ações não é angariar dinheiro, visto que se trata de um projeto sem fins lucrativos. A ideia é, de fato, contribuir para um mundo melhor.

E aí, o que achou da iniciativa de turismo consciente?

Agora, quando for planejar sua próxima viagem e rota turística, que tal levar em conta estas dicas? A GreenPress traz notícias, dicas e roteiros para você. Mas além disto, o mais bacana de praticar o turismo consciente e que isto pode ser feito em qualquer lugar do mundo.

E para te ajudar a acertar em cheio e mandar bem na hora de realizar estas iniciativas, tem mais algumas dicas importantes que você confere a seguir:

  • Pesquise locais ao redor do país e do mundo que privilegiem o turismo consciente e sustentável. Assim o seu passeio será ainda mais especial e relevante;
  • Quando for a locais que funcionem de forma totalmente turística, não deixe de ajudar o comércio local. Para isto, comprando produtos e artesanato produzido localmente;
  • Abrace um estilo de vida mais sustentável, desde usar embalagens e alimentos mais ecologicamente corretos até respeitar o bioma e a diversidade local;
  • Quando for tirar fotos, ou fazer viagens locais de carro, tenha respeito as regras e limites estabelecidos pela comunidade em que estiver presente;
  • Por fim, na hora de viajar para outros países, também é super importante aprender pelo menos o básico do idioma local. Tente ir além de apenas palavras simples. Além de ajudar em sua viagem, esta também é uma questão de turismo consciente.

Este tipo de iniciativa é fundamental para que você consiga abraçar o turismo consciente e aproveitar todos os seus benefícios. Naturalmente, para muitas pessoas isto pode ser um desafio, mas com certeza vale a pena tentar.

Por fim

Agora que você já sabe o básico sobre o turismo consciente, não deixe de emprega-lo em sua próxima viagem ou passeio. São pequenas atitudes que fazem uma grande diferença em prol de um mundo melhor. Mas claro, não se esqueça de:

  • Ter paciência e positividade para incorporar estas mudanças;
  • Adotar responsabilidade ambiental e evitar atrações com animais;
  • Incentivar o turismo consciente em conversas com família e amigos;
  • Procurar viajar mais devagar pelos países, aproveitando experiências individualmente;
  • Se lhe interessar em realizar um trabalho voluntário, fazer isto com responsabilidade.

Esse último item é uma tendência para um grande número de viajantes. Há diversos locais ao redor do mundo que necessitam de trabalho voluntário para lidar com questões importantes como fome e miséria. Mas se este tipo de ação lhe interessa, certifique-se de que você será capaz de fazer isto com responsabilidade e entregar o que for esperado.

Então é isto. Agora quando você arrumar suas malas com mais consciência e focando nestas questões, a viagem será ainda melhor. Se cada um fizer a sua parte, o turismo consciente servirá de inspiração para uma corrente de integração e solidariedade entre todas as pessoas do mundo. Vale a pena tentar, não é mesmo?

Gostou das dicas? Veja mais!

 



Veja também!


Para ajudar a quem está em casa, separamos alguns dicas a mais! Veja abaixo!

Comente a série ou filme que mais gostou, mande foto e marque o @ajanelalaranja no instagram.

Veja mais dicas abaixo! 

O Canadá vai precisar de imigrantes depois da pandemia

Veja como ser mais produtivo trabalhando de casa!

Como morar fora depois da pandemia!

Está com as crianças em casa na quarentena, veja nossas dicas para melhorar a rotina de vocês!

Veja também como será viajar depois da Pandemía!

Conheça o Mundo sem sair de casa com esses 8 documentários

Gosta de futebol? Divirta-se e informe-se no Futeblog.com.br



Deixe seu Comentário

×Fechar