Vancouver Beer Tour, boa cerveja e turismo combinam.

299
0

Atualizado em 19/08/2014

Além de ser uma delícia, boas cervejas artesanais podem contribuir com o turismo. Fiz o Vancouver Beer Tour que é um ótimo exemplo disso. Veja como foi minha experiência nas cervejarias de Vancouver nessa cidade incrível do Canadá.

Me encontrei com o grupo que tinha reservado o tour no centro de Vancouver e saímos de van. Foram 3 horas de tour, que incluiu visita a produção e degustação em 3 cervejarias.

É super cômodo para o turista que não precisa pegar mapas e muito menos dirigir.

A primeira parada, a Bomber Brewing, é uma cervejaria que existe há pouco mais de dois anos e que já está produzindo cervejas de qualidade. Experimentei 4 cervejas deles e a Season foi a que mais gostei.

Degustação Bomber

A Bomber tem um pequeno bar na entrada da fábrica que atende aos moradores da região e tem um esquema de garrafão de um litro que você compra uma vez e depois disso compra só o líquido.

Garrafão Bomber

Garrafão

O espaço é rústico mesmo, fizemos a degustação das cervejas em uma mesa no meio da produção onde nos contaram detalhes da mesma.

Saímos da Bomber e o contraste foi grande, chegamos na DeepCove Brewers and Distillers, uma cervejaria boutique – se é que posso chamar assim.

Entrada DeepCove

Vendo as imagens do bar você vai entender, entre uma super moto customizada e barris de carvalho, tudo é bonito e pensado para receber o público final.

Bar da DeepCove

Nem por isso as cervejas perdem a importância ou não são boas, muito pelo contrário. As cervejas são tão interessantes quanto seus rótulos.

Rótulo da Deepcove

São 6 cervejas “on tap” para você escolher e todas que eles produzem a disposição em garrafas para beber ou levar.

Um quadro negro na parede indica os preços da degustação. 3 cervejas por 5 dólares canadenses, 4 por 7 dólares ou 5 por 8 dólares.

Algumas cervejas da DeepCove já ganharam prêmios no Canadá e não vai me surpreender se mais para frente ouvir falar de prêmios para eles pelo mundo.

Não é meu estilo preferido, mas a mais diferente que eu tomei é uma que já foi premiada, foi a Sun Kissed Tea Saison Beer, uma Belgium Style com adição de chá verde.

copos DeepCove

Garrafas DeepCove

Uma passada rápida para conhecer a produção que é bem enxuta e ainda produz destilados e partimos para a próxima cervejaria.

Producao Deepcove

Rotulos Deepcove

Aqui vale um comentário! No Brasil as cervejarias não podem ter uma produção desorganizada desse jeito, vejam as imagens. Mas no quesito sujeira, desorganização e caos na produção o pior estava por vir!

Sem dúvida a terceira parada desse tour foi a mais surpreendente e caótica que eu já visitei. Conheci a Storm que fica em um galpão com tudo junto e misturado. Tudo junto mesmo e no meio da produção! Encontrei de tudo, um balcão de bar e caixa, cilindros, fios, máquinas, baldes, caixas, minha impressão era ter entrado no quintal de um inventor maluco.

Fachada Storm e Van

Depois de ouvir algumas explicações, percebi que eu estava pensando certo. O dono James Walton é desses sonhadores que ama o que faz e que fez sua primeira cerveja em casa com 15 anos.

guia

Dentro da cervejaria Storm

Depois de uma viagem à Seatle, onde percebeu a variedade e quantidade de boas cervejas artesanais que eram vendidas na cidade, ele pensou: Por que British Columbia não tinha nada daquilo? E abriu a Storm em 1994.

De lá para cá ele vem surpreendendo os sortudos moradores da região com ótimas cervejas e experiências. Além de cervejas com baunilha, manjericão e envelhecimento em barril.  Ele chega a reciclar e desenvolver os tanques e tinas a fim de atingir determinado objetivo na produção.

O resultado disso está nas cervejas, algumas delas muito diferentes e saborosas. Destaco duas que provei! A primeira é a Imperial Flanders Sour Ale, o James faz uma Sour respeitadíssima que só pode ser comprada e degustada lá na Storm e a segunda cerveja é a Black Plague Stout, essa eu gostei porque sou fã de Stout e porque o James acertou a mão.

Depois do tour fui comer algo e conhecer mais da cidade que é incrível.

Veja todas nossas dicas do Canadá!

Notícias e Visto

Governo do Canadá facilita entrada de turistas brasileiros.

Novo processo p/ visto canadense.

Carnaval na neve em Sun Peaks no Canadá

Toronto

Toronto a temperatura mês a mês. Quando ir?

Onde ficar em Toronto?

CN Tower, a torre de Toronto

Visite a cervejaria Steam Whistle em Toronto

St. Lawrence Market – Toronto

Eaton Centre, dica de compras em Toronto

Compras em Toronto – Bloor Street e Yorkville

Vancouver

Craft Beer‘n Bites Tour, um passeio para beber e comer bem em Vancouver

Vancouver Beer Tour, boa cerveja e turismo combinam

Faça um tour cheio de adrenalina numa lancha rapidíssima em Vancouver

Veja como foi o Rendez Vous Canada 2014

Tour panorâmico de hidroavião em Vancouver

Tempo em Vancouver! Escolha melhor época p/ conhecer a cidade.

Montreal

Conheça o Europea do chef Jérôme Ferrer em Montreal

Restaurante Toqué do Chef Normand Laprise em Montreal

igloofest, um festival de música eletrônica abaixo de zero em Montreal.

Os grafites de Montreal

Festival Internacional de Jazz de Montreal

Basílica de Notre Dame em Montreal

Parque olímpico de Montreal

A torre de Montreal

Biodôme em Montreal

A famosa Bagel de Montreal

Almoce no L`Arrivage, o restaurante do museu em Montreal

Les 400 Coups, um jantar exótico em Montreal

Museu de história e arqueologia de Montreal

Les Toilleurs, a loja para quem ama cozinhar

Café da manhã na Premiere Moisson em Montreal

O mercado Jean Talon de Montreal

A Montreal da Gastronomia

Québec

Leve os pequenos para o Carnaval de Québec

Uma bela viagem de trem de Quebéc para Halifax no Canadá

Corrida de canoa em Québec no Canadá

Halifax

Titanic em Halifax

Marcio viajou a convite da CTC.



Deixe seu Comentário

×Fechar