Viajando de avião sem medo de doenças crônicas

67
3

Algumas pessoas que vão viajar de avião pela primeira vez, ficam com medo de passar mal ou ter alguma complicação mais séria. Ainda mais quando se anunciam casos, raros, de pessoas que tiveram trombose ou a “síndrome da classe econômica”.  Vai dizer que sua mãe nunca disse: “vê se caminha pelo avião… não fica muito tempo sentado…”.

Estes casos são raros, mas se você tem alguma doença pré-existente, como problemas respiratórios ou vasculares graves, vale consultar a cartilha que o Conselho Federal de Medicina preparou, chamada “Doutor, posso viajar?” 

Se você tenha asma grave, viajar de avião pode causar crise, por isso fale com seu médico antes. Mas saiba que não há razão para desistir da sua viagem de férias tão sonhada. O fundamental é se sentir seguro e saber o que fazer se houver uma emergência. Diminuindo os riscos com prevenção e tratamento antes, durante e após a viagem, você pode viajar mais tranquilo. Lembre-se de levar na bagagem de mão seus medicamentos e não esqueça a bombinha!

Os diabéticos devem levar alimentos pequenos, como biscoitos e barrinha de cereal, na bagagem de mão para reposição de carboidratos. E quem usa insulina, deve levá-la em recipiente térmico, sobretudo se o destino da viagem for local com clima mais quente.

Já os hipertensos podem sofrer alguma alteração de pressão por conta do estresse e medo de voar. Por isso, devem evitar bebida alcoólica e café antes e no voo. A alimentação pode ser solicitada antecipadamente para que tenha pouco sal. E não esqueça de tomar os remédios regularmente!

E por falar em remédio, não sei se vocês sabem, mas os viajantes que têm asma, hipertensão ou diabetes, podem ter medicamento de graça. É que o Ministério da Saúde tem um grande programa de entrega gratuita de medicamentos: o Saúde Não Tem Preço.

O Programa já beneficiou 10 milhões de pessoas e gera economia de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2011, foram menos 8,4 mil internações por causa da hipertensão e 2,7 mil a menos por causa da diabetes. A obtenção dos medicamentos de graça é feita nas farmácias da rede “Aqui Tem Farmácia Popular”.

Já são mais de 20 mil farmácias em mais de 3.200 municípios. Então, se você vai viajar pra qualquer lugar do Brasil, você continua tendo acesso ao programa, afinal ele cobre todo o território nacional. São oferecidos gratuitamente 14 medicamentos para hipertensão, diabetes e asma.

Para retirar os remédios de graça, você deve procurar as farmácias e drogarias privadas credenciadas ou a rede de Farmácia Popular e apresentar o CPF próprio, receita médica válida e documento com foto.

Então já sabe: antes de viajar e se tiver alguma doença pré-existente, consulte um médico e previna-se. E se você tem asma, hipertensão ou diabetes, procure uma das farmácias do Programa Saúde Não Tem Preço (#saudenaotempreco) para pegar seus remédios de graça. E boa viagem!

* Publieditorial para o Ministério da Saúde



3 comments

  1. Edu 24 julho, 2012 at 19:33 Responder

    Oi pessoal do ajanelalaranja. Bem interessante a ideia de divulgar esses programas do governo. Não é fácil achar isso.

    Valeu!
    Edu

  2. Paula Brum 2 agosto, 2012 at 10:44 Responder

    Muito bom post… tanto falam que o povo fica aflito, isso é a globalização da informação. Olha, tenho andado por aí sem medo, mesmo após uma trombose venosa grave (que NÃO teve nada a ver com aviões)… Não custa dar uma caminhadinha, uma esticada até o banheiro, uma mexidinha com os pés!!! Mas de resto, só curtição…
    Abraços,
    Paula
    http://www.mochilinhagaucha.blogspot.com.br
    ….

Deixe seu Comentário

×Fechar