Veja como é Visitar e Degustar a Achel na Bélgica

101
0

Atualizado em 05/01/2015

Deixamos Dusseldorf e fomos em direção ao nordeste da Bélgica, nosso objetivo era chegar na abadia de “Saint-Benedictus”, em Hamont-Achel, onde os monges produzem a cerveja  Achel.

Soube que estávamos chegando quando vi um enorme crucifixo em uma esquina. Entramos em um “corredor” de árvores enormes que nos levou à entrada do monastério. Essa abadia é cercada de muros com tijolos escuros que lembram uma fábrica antiga. A diferença são as torres da pequena igreja. No interior, há uma espécie de pátio onde são colocadas mesas no verão.

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Esse monastério não autoriza a entrada de visitantes e mesmo assim, na minha opinião, tem duas atrações fazem a visita valer a pena. Umas delas é um mercado com muitas cervejas, taças, queijos, chocolate e geléias que também são produzidos ali.

Dica! Deixe para comprar queijos mais pra o final da viagem. Oportunidades não faltarão e você vai deixar de “perfumar” o carro.

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Achel - Abadia Saint-Benedictus

E o segundo motivo para viajar até lá é ainda melhor, conhecer o restaurante onde é degustamos as cervejas Achel que são produzidas no monastério.

Atenção! Duas das quatro versões você só encontra nesse lugar.

Blond e a Bruin, são vendidas exclusivamente no restaurante, tem‎‎ apenas 5% de teor alcoólico e são as mesmas que os monges tomam.

É um privilégio e tanto para quem gosta de cerveja experimentar essas raridades.

Achel - Abadia Saint-Benedictus

O restaurante é simples com móveis antigo, balcão grande de inox. Lembrei de alguns bares que frequento no interior de São Paulo. Achei diferente uma lojinha improvisada no canto do restaurante com taças e garrafas da Achel, misturadas com velas e imagens de santo, tudo à venda.

Os moradores da região tomam sua cerveja e lêem o jornal do dia tranquilamente até a manhã toda.

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Para conseguir sua taça de Achel, é preciso entrar numa pequena fila junto ao balcão e esperar a funcionária tirar uma a uma da torneira. Tudo muito simples. A própria torneira tem um papel impresso para indicar a cerveja.

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Do outro lado do restaurante é possível acompanhar parte da produção da cerveja Achel através de um vidro.

Nesse monastério, é possível visitar a igreja, mas é preciso agendar e comparecer nos horários estabelecidos.

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Achel - Abadia Saint-Benedictus

Felizes e satisfeitos com a primeira degustação, cruzamos a fronteira. Isto quer dizer que cruzamos a linha que divide os dois países, bem em frente à abadia.

Achel - Abadia Saint-Benedictus

E aproveitando a proximidade, deixamos o restaurante da abadia de São Benedito, traduzindo ao pé da letra, e fomos para a única cervejaria trapista fora da Bélgica. Veja no próximo post como foi nossa visita à La Trappe.

Para entender a viagem e o roteiro para visitar as cervejarias trapistas na Bélgica e Holanda, leia todos os posts!

Quem foi e onde fomos? Entenda nossa viagem!

Primeiro dia, chegamos em Frankfurt e fomos beber e dormir em Dusseldorf.

Segundo dia, pela manhã visitamos e experimentamos as cervejas na Achel, abadia de “Saint-Benedictus”, em Hamont-Achel, Bélgica. 

Segundo dia a tarde, tomamos as oito cervejas produzidas pela La Trappe no restaurante do próprio monastério. 

Segundo dia a noite, chegamos na Antuérpia e fomos ao Kulminator, o melhor bar do mundo para tomar cervejas safradas.

Terceiro dia pela manhã, almoçamos no restaurante da Westmalle.

Terceiro dia a tarde, tomamos as desejadas Westvleteren no restaurante em frente ao monastério.

No quarto dia pela manhã andamos pelo centro de Poperinge, conhecemos o museu do lúpulo e passamos por cemitérios militares.

.

Não viaje sem Seguro de Viagem! Faça o seu clicando aqui!

Reserve seu hotel pelo Booking, não há cobrança de taxa extra nas reservas. E,  na maioria dos casos, o cancelamento é grátis. Aproveite!

Siga nosso Instagram e veja antes as imagens das nossas viagens! 

Assine nosso canal no YouTube! Clique aqui



Deixe seu Comentário

×Fechar