sábado, novembro 27, 2021
spot_img
HomeDicas GeraisVistoTipos de visto americano: quais os mais importantes e como conseguir o...

Tipos de visto americano: quais os mais importantes e como conseguir o seu?

Você sabe quais são os tipos de visto americano mais importantes? Esse texto é para a galera que está pensando em ir para lá para fazer um intercâmbio, estudar, trabalhar ou até mesmo fixar residência. Sim, existem diferentes documentações para te ajudar nessa missão.

Então a seguir dá uma olhadinha nos principais vistos para ir aos EUA. Assim você pode avaliar qual deles melhor se encaixa as suas necessidades. E claro, aí é só arrumar as malas e aproveitar a sua viagem, estadia e futuro na terra do Tio Sam.

visto-americano

Sobre os tipos de visto americano

Bom, vamos partir do começo. O visto é o documento que permite a você entrar em um país e ficar lá por um certo período de tempo. Este pode ser maior ou menor, dependendo do tipo de documentação que você tem. Assim, em geral, é importante ter em mente o seguinte:

  • Os vistos concedidos pelos EUA concedem direitos e restrições as pessoas. Por outro lado, eles valem em todo o território norte-americano;
  • Além disso, esse tipo de documento vale para jovens, adultos, homens e mulheres. Neste sentido, muitos deles estão ligados ao intercâmbio;
  • Mas não é apenas esse tipo de viagem que os documentos de visto abrangem. Pessoas podem usá-los para trabalhar, fazer negócios ou mesmo casar, entre outros.

Depois de ter todas essas informações em mente, veja abaixo quais são os principais tipos de visto para ir até os EUA.

Tipos de visto americano para trabalho

Esta é uma das principais modalidades de documentação. Assim, existem alguns tipos específicos dela. Entre os mais importantes se destacam:

  • Visto B1/B2, que abrange negócios e turismo;
  • Visto E1, concedido especificamente para comerciantes;
  • Além disso, o visto E2, que é dado para investidores;
  • Já o visto EB5 se destina a investimentos para imigrantes;
  • Há também o visto H1B, voltado para profissionais formados;
  • O visto O1, para trabalho com habilidades extraordinárias;
  • Por fim o visto L1, para trabalho em multinacionais.
Seguros Promo

Principais vistos para estudar nos EUA

Se você quer ir ao país para complementar a sua educação e realizar estudos, deverá contar com um desses tipos de visto abaixo:

  • Visto F1, voltado para estudantes de forma geral;
  • Visto J1, que envolve intercâmbio de estudantes;
  • O visto M1 é para estudantes que irão a uma instituição profissional ou não acadêmica;
  • Por fim, o visto B1/B2, que abrange turismo, também pode ser usado por estudantes.

Se você quiser usar esse último visto como estudante, é muito importante fazer apenas estudos informais e recreativos. Caso contrário, é fundamental conseguir um outro modelo.

Outros vistos importantes para entrar no país

Além dessas duas categorias, você também pode contar com alguma das opções abaixo de visto para ir aos EUA. São elas:

  • O visto B1/B2, voltado especificamente para turismo;
  • Visto K1, que se destina a noivos e noivas de americanos;
  • Além disso o visto R1, de natureza religiosa;
  • Por fim o visto P1, dedicado exclusivamente a artistas e atletas.
anete lusina rFKBUwLg WQ unsplash 1
Photo by Anete Lūsiņa on Unsplash

O processo de pedir o seu visto para os EUA

Seja qual for o tipo de documento que você pretende usar, existem alguns detalhes importantes para ficar de olho. Dessa forma, preste atenção nas informações a seguir.

Pedindo o seu visto

Qualquer pessoa que tenha a intenção de pedir um dos tipos de visto americano deve estar com seus documentos de passaporte em dia. Além disso, é preciso preencher o formulário que está no site da embaixada dos EUA e fazer o pagamento da taxa.

Feito esse processo, é preciso agendar duas entrevistas, uma junto ao Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) e outra no consulado. Dando tudo certo nesses dois locais, é só pegar o seu visto e comemorar.

Detalhes importantes da entrevista

Aqui é o momento em que você vai deixar claras todas as suas intenções de viajar para os EUA. É muito importante ser sincero e não mentir sobre nada, mesmo que seja um mínimo detalhe. Caso contrário você poderá ter grandes dores de cabeça e não conseguir o seu visto.

Além disso, outro detalhe importante é que mesmo estando nervoso, confie em seus objetivos e seja honesto. Muitas vezes a falta de segurança e confiança nas entrevistas acabam barrando pessoas que poderiam entrar no país sem problemas.

Seguros Promo

Outras informações importantes sobre os tipos de visto americanos

Normalmente, seja qual for o visto que você conseguir, ele tem validade de 10 anos. Ou seja, esses documentos não dão garantia de residência permanente no país. Ok, mas como tem tanta gente que consegue ficar morando por lá sem problemas? É porque eles têm o Green Card.

Este é um documento que funciona como um visto permanente para estrangeiros. Com ele é possível ter acesso a todos os benefícios do país, tanto para você quanto para sua família. E para consegui-lo, há uma série de exigências necessárias:

  • Primeiro, é preciso ter um parente estadunidense, se possível de primeiro grau;
  • Se não tiver, outro passo importante é comprovar casamento com um estadunidense;
  • Além disso, você também deve ter um dos vistos que possibilitem o pedido do Green Card. São eles: EB5, H1B e L1.

O processo é burocrático e depois do governo Trump ele ficou ainda mais exigente. Mas se essa for a sua vontade, vale a pena encarar um pouco de trabalho para cumprir seu objetivo, não é mesmo? E neste sentido, o melhor pode ser dar um primeiro passo e conseguir um visto para entrar no país. A partir de então já é possível planejar seu futuro por lá com calma.

Locais importantes nos EUA para estrangeiros

É claro que qualquer um dos vistos vale em todo o território do país. Mas existem alguns locais que são especialmente recomendados para intercâmbio, trabalho e estudo de estrangeiros. Então pense com carinho em ir para um desses pontos:

  • Boston;
  • Chicago;
  • Fort Lauderdale;
  • Los Angeles;
  • Miami;
  • Nova York;
  • San Diego;
  • San Francisco.

Por que esses locais especificamente? É que se tratam de grandes centros multiculturais, que estão acostumados a receber estudantes e trabalhadores do mundo todo. Assim você terá mais chances de se fixar no país sem problemas a partir deles.

tipos de visto americano

Taxas de pagamento e locais de entrevista

Outro aspecto importante é ficar de olho nas taxas de cada um dos vistos e nos locais onde o consulado estadunidense opera aqui no Brasil, que são em Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro e Recife. Já os preços dos documentos são os seguintes:

  • Vistos B1, B2, C, D, F e J, 160 dólares;
  • Já os vistos H, P e Q custam 190 dólares;
  • O visto é tem o preço de 205 dólares;
  • Por fim, o visto K custa 240 dólares.

É claro que há muito mais vistos que não colocamos aqui pelo fato de não serem tão comuns. Mas caso tenha interesse, os EUA trabalham com a entrada de trânsito (Visto C), tripulantes (Visto D), trainees e trabalhos temporários (Visto H) e programas internacionais (Visto Q).

Se qualquer um desses documentos pode lhe ajudar, você pode se informar sobre eles no site da embaixada dos EUA, que está ali em cima. O procedimento para qualquer um é o mesmo, basta pagar a taxa, preencher os documentos e fazer as entrevistas.

Informações finais sobre tipos de visto americano

Ir para a terra do Tio Sam é o sonho dourado de muita gente. E a boa notícia é que os diferentes tipos de visto dão várias oportunidades de fazer isso. Então se este é o seu caso, bora aproveitar as dicas e informações desse artigo. Com planejamento e organização você vai conseguir. Por isso fique de olho nos tipos de visto americano que podem te ajudar nessa missão.

Uma dica legal é já ter algum programa de intercâmbio ou vaga de emprego em vista na hora de ir em busca de seu visto. Isto vai facilitar muito o processo, além de lhe permitir entrar no país já com uma oportunidade em vista. Como a gente está sempre trazendo por aqui, esse tipo de possibilidade não falta, por isso fique de olho no Janela Laranja para saber mais.

Por fim, mantenha a calma e a sua convicção. Assim você vai conseguir realizar o seu objetivo e ir para os EUA trabalhar e estudar. E claro, com um pouco de esforço e seguindo os passos certos, pode até fixar residência permanente por lá. Boa sorte.

RELATED ARTICLES

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment - Seguros Promo

Mais populares